Anik Mourão Revela os Encantos da Polônia

Mágica, bela, histórica e exótica, a Polônia reserva mil possibilidades aos turistas que se encantam com as peculiaridades da região europeia pano de fundo para os conflitos e perseguições de entre guerras e que hoje abriga patrimônios mundiais da Unesco.

A Polônia é um país de trajetória bastante densa, marcada por guerras, massacre e opressão, o que resulta num passado de cidades devastadas e um povo duramente perseguido. Ainda assim, o lugar encanta com a riqueza histórica e construções de tirar o fôlego! E é com um olhar atento e curioso que Anik Mourão traduz as impressões do sexto país mais populoso da Europa. “Chegando a Varsóvia, capital do País, repara-se nos monumentos que prestam homenagem aos fatos históricos ou grandes personalidades polonesas. Vários deles se concentram na Rota Real, uma longa rua que liga a Praça do Castelo ao sul da cidade.

A via, uma das mais bonitas da região, tem em seu trecho inicial uma série de residências que pertenceram aos nobres, com casas restauradas no estilo neoclássico do século XIX”, conta. Durante o pós-guerra, a capital foi um dos maiores palcos do Holocausto, sendo completamente destruída durante confrontos entre Alemanha e o Exército Vermelho. “A cidade foi reconstruída segundo os planos originais, com os mesmos elementos que a caracterizava antes, como os tijolos vermelhos, casas conjugadas, o colorido peculiar, etc.” relata Anik diante das surpresas da Polônia. Além disso, “é impressionante se deparar com a grande muralha de Barbakan Warszawski, que cerca a cidade velha e contrasta com uma Varsóvia moderna e populosa”, pontua. Imperdível também é a visita à Casa de Chopin, em Zelazowa Wola, próximo a Varsóvia, que guarda o verdadeiro espírito artístico polonês. “A mansão do compositor e pianista foi reaberta em 2010 para comemorar o seu bicentenário, um orgulho da nação”, diz a arquiteta, que ainda sugere visita à exuberante Cracóvia, cidade que tornou-se centro cultural e artístico do país. “Lá, visitei o Castelo e a Catedral de Wawel, que ficam numa colina de 228 metros de altura, às margens do rio Vistula.

A influência da arte italiana no interior impressiona, com um verdadeiro retalho de referências de períodos variados na fachada, expressando um estilo eclético. Já as Minas de Sal marcam um labirinto de 300 quilômetros no subsolo que leva a uma catedral toda em sal, estruturada a quase 75 anos”. Na cidade de Oswiecim, o famoso campo de concentração e de extermínio de judeus Auschwitz-Birkenau remonta à atuação da Alemanha nazista na região. “Apesar do clima doloroso, vale acessar os barracões, celas, áreas de queima de corpos e camâra de gás”, conta. Em contraponto, um lindo e emocionante trajeto pela vida do Papa João Paulo II pode ser realizado em seu Museu-Casa, em Wadowice, a 50km da Cracóvia. “Visita-se o apartamento em que ele viveu por 18 anos. Foi um dos mais belos momentos da viagem”. Entre tantas emoções e dicas, é impossível não sentir vontade de embarcar numa aventura pela Polônia.

A Polônia tem inúmeros prédios históricos que são Patrimônio Mundial da UNESCO, como o Castelo de Malbork, a Catedral de Wawel e Centro Histórico de Cracóvia.


Onde Comer

POLSKA ROZANA. O restaurante tem atmosfera extremamente romântica, com flores decorando todo espaço. O estilo clássico tem uma aura leve pela presença dos elementos naturais. Como prato principal é possível escolher um pato com maçãs e batatas no molho de frutas vermelhas.
SENSES RESTAURANT. O restaurante oferece um menu de degustação para o primeiro contato dos visitantes. Os vinhos são selecionados por um sommelier. Os pratos são famosos pela apresentação, sempre reservando alguma surpresa ao cliente e transformando a refeição em uma experiência de quase arte.
STARY DOM RESTAURANT. O ambiente charmoso e com boa música local abriga mil possibilidades de menu. O carro-chefe é o bife tártaro, de entrada. Em seguida, a refeição clássica: ganso recheado com sêmola.

0
Total Page Visits: 221 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *