Para receber bem

POR RENATA ABREU

A arquiteta Renata Abreu equilibra harmoniosamente sofisticação e funcionalidade neste apartamento de 97 m², que aposta na riqueza dos detalhes, materiais nobres e cores neutras para promover uma atmosfera atemporal.

O casal originalmente residente no interior do Estado desejava retornar à capital, e para isso pediu à arquiteta Renata Abreu um projeto que otimizasse ao máximo os espaços do apartamento de 97 m². “Além de ambientes extremamente funcionais e acolhedores, eles também queriam espaços para receberem eventuais visitas dos filhos e familiares que não moram na cidade”, conta Renata. Com isso em mente, ela desenvolveu um novo layout, otimizando a planta original que já contemplava três suítes, sendo uma master e outras duas para filhos e hóspedes, além de converter o quarto de serviço em um home office com acesso ao living. O décor ganhou uma atmosfera contemporânea e sofisticada por meio de linhas retas e materiais nobres como laca, madeira Pau Ferro, perfis dourados e mármore Grigio Monet, compondo um interessante diálogo entre o clássico e o moderno ao valorizar peças que já estavam na família há gerações e ajudam a contar a trajetória dos moradores. “A principal ideia era que os detalhes falassem por si e agregassem valor aos espaços. Uma marcenaria expressiva e uma paleta neutra com ponto de cores marcantes deram o tom atemporal do projeto”, arremata a arquiteta.

Mistura entre o antigo e o moderno

DETALHES QUE CONTAM HISTÓRIA. O layout aberto foi pensado para favorecer a convivência nos encontros com amigos a familiares. Destaque para a cristaleira presente na família há gerações que traz identidade à sala de jantar.


INTERIORES POR RENATA ABREU TOQUE REFINADO. Na suíte máster, a elegância deu o tom da composição. Revestimentos sofisticados, como carpaccio de pedra, o estofado acolchoado da cabeceira e o acabamento em laca dos planejados fazem do recanto de descanso sinônimo de conforto e requinte. Na mesma linguagem, o banheiro recebeu bancadas em mármore Elegante Brown e móveis espelhados, tudo devidamente realçado por efeitos de luz.


“A paleta neutra com pontos de cores marcantes deram o tom atemporal do projeto”


PRATICIDADE PARA O DIA A DIA. Na cozinha, o predomínio de tons de cinza, com detalhes em laca verde e espelhos fumê, compõe uma proposta sofisticada e atemporal, em sintonia com a linguagem adotada em todo o projeto. A funcionalidade foi outro ponto pensado pela arquiteta para trazer praticidade ao dia a dia, com eletros e utensílios sempre à mão.

POR RENATA ABREU
@estudioarcs

FORNECEDORES
Marcenaria, MDA Marcenaria.
Execução da obra, MDA Construções.
Tapete, Bete Cunha Tapetes.
Tecidos, Bete Cunha Interiores.
Pedras naturais, Stone Soul.
Iluminação, Paroma.
Estofados, Mais Local.
Fotos: Léo Soares

0
Total Page Visits: 51 - Today Page Visits: 5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *