Informal e Elegante

POR MARCOS MONTEIRO

Os traços criativos e elegantes do arquiteto redesenharam o estilo, os desejos e a história do jovem casal em seu novo lar, com uma atmosfera mais informal e descolada, repleta de códigos urbanos chic.

A exclusividade do projeto de Marcos Monteiro para este apartamento está na criação de ambientes que expressam a história dos moradores. Muito mais do que simplesmente reproduzir clichês ou modismos, o arquiteto criou uma linguagem personalizada e urbana para a morada, aliando sempre função e estética. A começar pelo layout da área social que, apesar da presença de diferentes ambientes, tudo está integrado, com delimitações feitas apenas por tapetes e pela boa distribuição dos móveis. Os demais elementos do décor criam a identidade visual que entrelaça os recantos e confere um caráter livre e informal ao projeto. Marcos investe num mix de materiais – quentes e frios, nobres e atuais – para proporcionar sensações diferentes, a depender do feeling de cada cômodo. No jantar e na cozinha, por exemplo, é frequente o diálogo entre a madeira e o vidro, numa estratégia de promover aconchego e leveza. Já a paleta surpreende e encanta pelo bom gosto equilibrado das gradações de cinza, formando a base neutra e ideal para destacar as telas e objetos que, além de trazerem cor à composição, destacam a personalidade e os gostos dos proprietários. Móveis de design também são convocados para trazer uma aura cosmopolita, enquanto o mobiliário desenhado pelo arquiteto garante a essência exclusiva da proposta. É justamente essa mescla de estilos que torna as áreas de convivência tão atraentes e contemporâneas, estética que segue para os demais recantos do apê, com toques mais discretos e sóbrios. É o caso da suíte principal, vestida em tons claros, que vão do branco ao cinza, e com um mix de texturas que remetem a sensações de conforto e acolhimento, potencializadas por uma iluminação intimista. Ao final, o sucesso do projeto foi resultado da criatividade e do conhecimento de um profissional sempre disposto a entender as necessidades e os sonhos de seus clientes. “As melhores ideias são aquelas desenvolvidas em sintonia com eles”, finaliza Marcos Monteiro, sobre a satisfação de ter atendido às expectativas da família por um lar aconchegante e repleto de autenticidade.

O living ganha o colorido das gravuras e de pôsteres descolados. Destaque para a poltrona Xibô, de Sérgio Rodrigues, que valoriza a composição com o melhor do design nacional. As linhas puras das mesinhas laterais (Desconexo Design) também dão um toque de charme à área de convivência. Já os tapetes (Adroaldo Tapetes do Mundo) potencializam o aconchego e delimitam, de forma sutil, home e estar.
A sala de jantar ganhou móveis em madeira, de traços elegantes e tons fechados. Objetos e adornos (Home) complementam a composição com charme e personalidade, da mesma forma que telas (Le Spec) e esculturas (Galeria Mariana Furlani Arte Contemporânea) enriquecem o conjunto com um toque de arte. A cozinha, ao lado, ganhou armários que otimizam o espaço, trabalhados em painéis madeirados que trazem um clima cálido ao ambiente. As cadeiras em vermelho, que acompanham a bancada em vidro, trouxeram um contraste bem-vindo, assegurando a continuidade da linguagem dinâmica do projeto.
A ala íntima, trabalhada com aconchego e leveza, ganhou um mix de materiais e tons neutros. O papel de parede (LPM by Santelmo) conferiu uma textura diferenciada ao quarto, aliado à cabeceira da cama, que vai do piso ao teto, em painel revestido com tecido alcochoado, favorecendo a impressão de acolhimento. As cortinas e tecidos (Paulista Decorações), em tons claros, também contribuíram para a atmosfera suave. A iluminação traz efeitos mais intimistas à suíte do casal.

0
Total Page Visits: 217 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *