Paleta da Estação

O perfume da primavera se alastra com facilidade e adentra nosso lar, trazendo tonalidades suaves e boas vibrações. Faça um pacto com a beleza e inspire-se no rosa, no orquídea, no amarelo, no azul… E em todo o frescor que essa paleta proporciona. O décor já começa a florescer.


La Vie en Rose

Delicado, sutil e chique… O rosa já é, em sua essência, a cor da primavera. Remete às flores e à delicadeza, trazendo um toque feminino e delicado ao décor. No ambiente da Cane-line, as cores açucaradas são protagonistas da composição de vibe simples. A poltrona Socca com estampa pied-de-poule rosa conversa harmoniosamente com o morrom e o bege, transmitindo suavidade e romantismo, da Zanotta.


A feminilidade das variações do orquídea remete à primavera e suas belezas intuitivas.


Orquídea Radiante

A cor do ano traz bons sentimentos e muitas possibilidades de uso. A Zanotta investe nas variações da cor, em sofás e poltronas, gerando uma harmonia encantadora de fúccia, violeta e rosa. A produção de Ramiro Mendes, na loja Lado Sul, tira partido da tonalidade em todas as suas nuances, jogando com lisos e padronagens, para irradiar feminilidade e personalidade.


A base em azul claro revela proteção e tranquilidade, tornando-se envolvente em qualquer estilo de decoração.


Acqua Trend

Os tons mais claros do azul, em especial o acqua, prometem trazer calmaria para os dias mais quentes que estão por vir. O azul adocicado, usado na base, preenche o espaço com suavidade e um certo ar de nostalgia, ressaltando a leveza do mobiliário, da Zanotta. O ambiente da Maison du Monde emana um frescor especial com as variações do tom, em bancos, sofá, tapete e até paredes, de forma envolvente.


Os opostos se atraem, inclusive no uso da cor.


Fresh Colours

O amarelo primaveril remete a flores do campo e ao sol reluzente, trazendo frescor e energia. O azul transmite segurança e tranquilidade. As duas são complementares, ficando em lados opostos do espectro das cores, funcionando muito bem juntas em qualquer tom, claros ou escuros. No projeto das arquitetas Adriana e Ticiana Leitão, os tons pontuam com bossa elegância. Dayanne dos Santos elabora uma composição alegre e muito sofisticada, com o toque descontraído do amarelo e do azul, numa proposta convidativa.


O tom favorece o exercício intelectual e contemplativo.


A intensidade do azul passa a ser o “novo preto”, representando um momento mais introspectivo da estação. A cor noturna invade os interiores com suas nuances recatadas e cheias de caráter, aflorando emoções, desejos e intelectualidade. O sofá Normann Copenhagen em azul é o elemento que norteia a paleta de cor do ambiente, com variações que geram interessantes efeitos degradês. A composição despojada ganha ares contemplativos com a seriedade do marinho.

0
Total Page Visits: 67 - Today Page Visits: 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *