Ares de Loft

POR ROBERTO PAMPLONA JR.

Um projeto sem rótulos em que o único rigor é retratar o estilo de vida despojado e elegante dos moradores.

Este projeto de Roberto Pamplona Jr. teve como principal inspiração a história de vida da família. Ela, empresária cearense do ramo de buffet e apaixonada pela gastronomia, tinha como sonho de consumo uma ampla cozinha. As raízes culturais do marido mineiro, também gourmet, influenciaram nas escolhas para o décor. Com esse brieffing, o arquiteto partiu para a prancheta e começou por desenhar um layout plenamente aberto, com os espaços de jantar, estar, home cinema e cozinha, todas se comunicando livremente. Atendendo aos desejos dos clientes, a cozinha recebeu atenção especial, com uma uma grande mesa em madeira bruta ladeada por um generoso banco, cadeiras vintage do acervo da família e revestimentos rústicos, que referenciam as origens do dono da casa. A ala social, por sua vez, foi ampliado por meio da eliminação de um gabinete. Entretanto, a coluna não pôde ser demolida e, por isso, foi integrada ao desenho, funcionando como elemento divisor entre living e home cinema. Para trazer ainda mais bossa, a base cinza ganhou toques ousados de cor, em tons rosáceos, em adornos e poltronas, acompanhados das vibrações das telas que preenchem esses espaços permeados pela sofisticação. O resultado é um projeto de caráter exclusivo, com uma linguagem despojada e ares de loft, que reflete o estilo elegante e cool dos moradores.

No hall de entrada, o caráter despojado e original do projeto já é anunciado pelas telas coloridas e a porta em orquídea. No interior, as portas de correr, ora espelhadas ora funcionando como minigalerias pessoais dos moradores, integram e separam os ambientes, conforme o desejado. A linguagem rústica da cozinha chega ao jantar, com a mesa de 3,20m (Terra Brasilis) em madeira maciça, acompanha por poltronas revestidas em tecido rosáceo (Ouvidor Tecidos). As telas são de Rian Fontenele, José Guedes e Vando Figueirêdo.
O móvel em laca e vidro une visualmente a cozinha e a área social, funcionando como apoio, bar e para abrigar os utensílios. A coluna que divide living e home cinema foi integrada à decoração, ganhando a charmosa arandela escultural vermelha Aka Tsuki, da renomada grife de iluminação Ingo Maurer (Candela). Para tornar tudo mais aconchegante, tapetes de texturas macias e cor neutra (Bete Cunha Tapetes) também delimitam esses espaços. No jantar, as luminárias com pendentes ovóides (Ideia Home Design) sobre a mesa de jantar arrematam a ambientação despojada.
0
Total Page Visits: 255 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *