Bibliotecas do Futuro

Símbolos do conhecimento ao longo de toda a história humana, as bibliotecas se tornaram pontos turísticos e centros culturais nas grandes cidades. Engana-se quem pensa que elas estão fora de moda. Conheça três projetos deslumbrantes e futuristas para se apaixonar ainda mais pelo prazer da leitura na próxima viagem.


Um Sonho Orgânico
TIANJIN BINHAI LIBRARY, CHINA

Uma proposta de visual futurista e conceito totalmente onírico, que parece brincar com os sentidos. Assinado pelo escritório holandês MVRDV, em parceria com o Instituto de Design e Planejamento Urbano de Tianjin, o projeto da Tianjin Binhai Library possui uma arquitetura que consegue ser deslumbrante para quem a observa do lado de fora e também para quem percorre suas, aparentemente, infindáveis prateleiras repletas de livros. Com quase 34 mil m², a construção consiste em um iluminado auditório esférico, que remete a íris de um olho quando visto da fachada, rodeado por estantes posicionadas em cascatas, ocupando todas as paredes. O protagonismo do branco e a forte incidência de luz natural torna o ambiente ainda mais espaçoso e arejado. Um cenário convidativo para se perder vasculhando o acervo de mais de um milhão de obras.


Arquiteturas de inspiração orgânica, que viram esculturas na paisagem.


Diamante no Deserto
QATAR NATIONAL LIBRARY, EM DOHA

Um projeto suntuoso que reflete a arquitetura que marca a nova identidade de Doha. Com uma área de 42 mil m², a Qatar National Library abriga um acervo superior a um milhão de livros e espaços projetados para atender outras demandas culturais. O responsável pela edificação é o arquiteto holandês Rem Koolhaas, do escritório OMA. A fachada erguida em concreto armado e vidro segue uma geometria trapezoidal que forma um verdadeiro diamante imponente no meio da cidade. O projeto direciona os visitantes a entrar na biblioteca pela parte central do prédio, na qual se tem a sensação de estar totalmente cercado por livros. Os ângulos inclinados acomodam os corredores com as estantes de livros, intercaladas por espaços para leitura e socialização. O layout totalmente aberto transforma a construção em uma grande área conectada, que conta ainda com salas de mídia, espaço para exposições e um auditório multiuso.


Projetos de visual ousado e ambientação imponente.


Integrado à Paisagem
OODI LIBRARY, HELSINQUE

Um complexo cultural recém-inaugurado para funcionar como centro de atividades culturais e de convivência para a comunidade. A Helsinki Central Library Oodi, no coração da capital finlandesa, se destaca por uma arquitetura imponente de traçado sinuoso, em madeira e vidro, que promove integração com o cenário urbano. O projeto conduzido pelo escritório ALA Architects foi setorizado em três pavimentos de propostas distintas. No térreo, a praça da cidade se incorpora à parte interna, enquanto o primeiro andar contempla diversas salas multifuncionais, que abrigam oficinas, equipamentos multimídia e estúdios de gravação. No segundo andar, fica a biblioteca, batizada de “céu dos livros”. Sob um teto ondulado, inspirado nas nuvens, o layout totalmente fluido, sem nenhuma divisória, dialoga com a fachada envidraçada, que privilegia a entrada de luz natural e permite uma vista panorâmica do entorno. Um lugar para sentar e esquecer do mundo lá fora.

0
Total Page Visits: 355 - Today Page Visits: 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *