O imaginativo

POR MATTEO CIBIC

O jovem designer italiano se reinventa a cada nova peça, inspirando o mundo com suas criações fantásticas e divertidas.

O italiano Matteo Cibic mantem um apaixonante triângulo amoroso entre design, arte e criatividade, sempre surpreendendo com criações de formas inesperadas. Tudo começou quando, aos 15 anos, ele se identificou com o trabalho realizado pelo tio, Aldo Cibic, renomado designer e arquiteto italiano. Mesmo sem entender muito bem o ofício do tio, Matteo se encantou com o movimento do ateliê, onde pessoas desenhavam e criavam para eventos de arte e design. A partir daí, o jovem trilhou o universo criativo e graduou-se em design de produto no Politécnico de Milão, para, em 2006, montar seu próprio estúdio com sede em Veneza, Itália, onde vive e trabalha. Aos 33 anos, o designer já realizou parcerias com grandes marcas, a exemplo da empresa de telecomunicações TIM, para quem desenhou as torres da companhia em Roma; da marca indiana de mobiliário de luxo Scarlet Splendour, para quem desenvolveu coleções de peças atemporais e icônicas, como a Vanilla e a Noir; além de marcas como Bosa, O bag e muitas outras.

Desde então, Matteo explora ao máximo sua criatividade, com peças cheias de ludicidade e irreverência, a exemplo da coleção de mini vasos Domsai, para Bosa, que abrigavam pequenas espécies de suculentas sobre estruturas de cerâmica que remetem a pernas; ou a série de luminárias Transgenic, para Secondeme, em vidro modelado como cactus que sofreu mutação. Um de seus trabalhos mais recentes foi a desafiadora colação VasoNaso, com 366 peças de cerâmica criadas diariamente durante o ano de 2016, em diferentes formas, mas todas com um nariz como elemento comum. A série foi inspirada no comportamento complusivo do também artista italiano do século XX, Giorgio Morandi, que pintou inúmeros quadros retratando vasos. Mas seu trabalho não se restringe apenas a criação de adornos em cerâmica. Mobiliários e artigos de décor, em latão, vidro e tecido dividem espaço com grandes monumentos, todos modelados nos mínimos detalhes, como se resultassem de um trabalho de artesania supermoderna. No mobiliário, o destaque fica por conta da coleção Bonotto Editions, com peças inspiradas no anos 1930, trazendo formas geométricas e acabamento em latão e tecido. Toda essa inventividade lhe rendeu o prêmio Edida Young Talent 2017, para jovens criativos, outogardo pela revista ELLE Decoration durante o último Milan Design Week. Assim, Matteo Cibic entra para o hall dos talentosos designers da atualidade, esbanjando criatividade a cada nova peça.


De móveis de luxo, a peças de design inusitado, Matteo Cibic esbanja criatividade em cada nova peça.


0
Total Page Visits: 202 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *