Great Things to People

Gt2P, estúdio chileno que une tecnologia e artesanato de forma inusitada.

Um nome fantástico para um grupo de pessoas com uma visão bastante peculiar do design contemporâneo. O gt2P (Great Things to People) projeta com dois alicerces aparentemente antagônicos, que utiliza tecnologia de ponta e design paramétrico aliado ao resgate de técnicas tradicionais do artesanato latino. O resultado dessa fusão é extremamente interessante. Nos vasos da coleção Less CPP nº1, eles questionam a nossa dependência do maquinário industrial e perguntam como seria uma impressora 3D analógica. O que ela poderia produzir? Os vasos cerâmicos resultantes dessa experiência são peças delicadas e únicas, mesmo que as coordenadas de produção sejam repetidas inúmeras vezes. Belo exemplo de um artesanato digital, no sentido mais literal da palavra. Ainda investigando essa interação, criaram a coleção Losing my America, onde cruzam e comparam o trabalho de inúmeros artesões de diferentes campos com reproduções feitas com auxílio de técnicas de corte laser, impressão 3D e parametrização. Os resultados são impressionantes e levantam questionamentos sobre a nossa lamentável habilidade de deixar tradições centenárias se deteriorarem. Por não estar voltado para a produção em massa, talvez não vejamos o trabalho do gt2P em uma grande loja no futuro. É exatamente por isso que seu trabalho e questionamentos são tão relevantes ao mundo do design autoral.

A escultura de parede é composta por células onde podemos guardar papéis com desejos, segredos ou planos escritos. Um projeto do gt2P que traz reflexões sobre cultivar a esperança no dia a dia. Acima, luminária da coleção Vilu com design inusitado.
A coleção de luminárias Vilu foi inspirada num mito chileno sobre o arquipélago Chiloé. Combinando fabricação digital com técnicas tradicionais, a montagem das peças é feita à mão, com perfurações delicadas que deixam a luz escapar, trazendo um efeito visual peculiar
A coleção de vasos de bronze Real Mahuida, feito por meio de padrões impressos em 3D

Um dos projetos mais audaciosos do grupo é o Losing my America, que tem como proposta questionar o modelo de produção em massa, tão presente na cultura americana. Por meio de ferramentas digitais, a coleção resgata técnicas artesanais.

0
Total Page Visits: 119 - Today Page Visits: 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *