Linguagem Sofisticada

POR ANDRÉ MONTE

Neste apartamento de 260m², o projeto de interiores de André Monte propõe soluções eficientes para traduzir, por meio de uma linguagem sofisticada, os principais elementos do conceito do morar bem.

Tendo a criatividade e o apuro estético como seus principais aliados, André Monte transita, com naturalidade, pelo clássico e pelo contemporâneo, chegando a caminhos incomuns em suas criações. No cerne de cada projeto, está a sofisticação, o equilíbrio e a precisão de traços que, como uma assinatura, conectam seus trabalhos. Um bom exemplo é este apartamento, com 260m², de atmosfera sofisticada e envolvente, pensado para um jovem casal, com duas filhas pequenas, admiradores de cinema, que adoram receber em casa. Para tanto, André redefiniu a área com a abertura de uma das quatro suítes para a ampliação da ala social, criando ambientes totalmente integrados para a família desfrutar, com total conforto, dos momentos de convívio. A demarcação dos espaços foi feita de forma sutil por meio de recursos que enriqueceram ainda mais a composição. A sala de jantar, por exemplo, foi definida por um painel de madeira que abraça o espaço, além do forro rebaixado para disfarçar uma viga da estrutura do prédio, trazendo intimidade e aconchego ao recanto. Bem ao lado, o open bar ganha destaque com a parede vestida por espelhos fumê, enquanto no living, que também assume o papel de home theater, são as dimensões generosas do mobiliário e do tapete que marcam o espaço. Tudo regido por uma paleta com pouco contraste de cores, para ampliar visualmente os ambientes, e um projeto luminotécnico tão bem pensado quanto o conjunto da obra.

A paixão pela sétima arte motivou a criação deste home-cinema no living, que ganhou um sofisticado painel em laca alto brilho para abrigar a TV, emoldurada por uma placa em vidro pintado de preto. Entre o clássico e o contemporâneo, os objetos decorativos (Spazio) entram em cena para trazer o toque de cor, em sintonia com o mix de estampas das almofadas. O open bar tira partido de elementos contemporâneos, como o vidro, a laca e espelhos fumês, ficando ainda mais convidativo com o móvel, projetado pelo profissional, que serve de apoio, com prateleiras iluminadas.

A proposta ganha elementos envolventes e um projeto de iluminação pensado para evidenciar o rico diálogo entre os elementos clássicos e o contemporâneos.


Na sala de jantar, o forro de gesso foi rebaixado para reforçar o clima de aconchego e intimismo, anunciado pela presença cálida da madeira no painel que envolve o ambiente. Em contraponto à modernidade do mobiliário (Galpão D) e da luminária e arandelas (La Lampe), foram inseridos toques clássicos, a exemplo dos Muranos e dos quadros com molduras em ouro velho. O open bar tira partido de elementos contemporâneos, como o vidro, a laca e espelhos fumês, ficando ainda mais convidativo com o móvel de apoio, com prateleiras iluminadas, projetado pelo profissional.

0
Total Page Visits: 172 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *