Os Hits de Milão 2015

Design de encher os olhos…Como em todos os anos, o Salão do Móvel de Milão revelou ao mundo o que os principais nomes do setor apontam para a ambientação em 2015. Por uma semana, a cidade fervilha com designers, profissionais e admiradores da produção criativa de todas as partes do planeta circulando pelos 24 pavilhões da feira e pelos muitos eventos fuorisalone. A mostra apresentou uma pluralidade de peças inovadoras, irreverentes e de forte personalidade, bem como o que há de mais atual em iluminação, na bienal da Euroluce. O 54º Salão de Milão foi marcado pelo encontro do high tech com o manual, do contemporâneo com o passado, da simplicidade com o bom humor … Uma efervescência de ideias que você confere a seguir.

esenhada por Sebastian Hekner para Moroso, a poltrona Pipe Armchair tem tubos de aço com estofado em tons intensos

Com uma elegância emprestada de décadas passadas, o mobiliário contemporâneo ganha ar nostálgico.


Criação dos gênios Le Corbusier, Pierre Jeanneret e Charlotte Perriand, a poltrona LC2 Villa Church faz parte da coleção apresentada por Cassina
A própria Donatella Versace assina cadeira La Coupe des Dieux, que alia design e moda com texturas metálicas
Um dos destaques da marca Cappellini foi a poltrona Bison, da Nendo, com linhas clássicas e poéticas que lembram o formato de uma concha. A peça possui curvatura em couro, que envolve o corpo, servindo de apoio para os braços.

Uma seleção irreverente e bem humorada, pensada para desconstruir e descontrair as ambientações.


A coleção Villa Le Lac, assinada por Jaime Hayon para Cassina, traz o passarinho porta-cartas e prateleira em forma de balanço, com tiras em couro natural
A personalização, principal vertente da TOG, está presente na cadeira Maria Maria, com encosto customizável, assinada por Philippe Starck
De Jaime Hayon, a mesa lateral Monkey pertence à linha Gardenia e chama atenção por sua base escultural em concreto, com forma de macaco. A peça também conta com uma versão maior, de quase três metros de altura, da BD Barcelona
A italiana Magis lançou a coleção Me Too, com acessórios decorativos lúdicos dedicados às crianças, como a peça Happy Bird, de Eero Arnio

Em padrões exclusivos ou formas surpreendentes, a geometria traz à tona a vibe setentinha da vez.


A cadeira Double Zero, de David Adjaye para Moroso, combina a energia das cores e o requinte do dourado em linhas geométricas e uma pegada retrô
Ainda em homenagem a Ettore Sottsass, a Kartell renova a cadeira Mademoiselle, de Philippe Starck, com tecido de padrão geométrico desenhado pelo arquiteto
A Kartell lançou uma coleção com projetos inéditos de Ettore Sottsass, fundador do movimento Memphis, como a luminária Daisy
India Mahdavi assina a coleção de ladrilhos hidráulicos com toque vintage, para Bisazza. A linha Butterfly 8 permite diversos tipos de combinções e desenhos
O móvel BO-EM 66, criação de Sotiris Lazou para AL2, mescla cores, estampas e formas puras

Mármore, granito e demais rochas ornamentais retornam à casa em peças de design contemporâneo.


O mármore Breche’de Vendôme dá vida a uma série de mesas de jantar ou trabalho, com tampo quadrado ou retangular. De Giullio Capellini para Capellini
Com linhas sinuosas, a mesa lateral em mármore Betulla é assinada por Jean-Marie Massaud para Poltrona Frau
A Delightfull traz coleção inspirada em artistas brasileiros que marcaram a bossa nova. O banco Vinícius, em mármore carrara ou nero, leva o nome do cantor Vinícius de Morais
O conjunto de mesas laterais Joy Jut Out, com base em metal bronze, pode aparecer nas versões com tampo nos mármores preciosos Arabescato Roxo, Sahara Noir ou Rosso Levanto. Desenho de Rodolfo Dordoni para Minotti

O couro reveste o mobiliário, trazendo aconchego e elegância às mais diversas ambientações.


O espírito viajante, traduzido pelo prazer de descansar em locais desconhecidos, foi inspiração para a dupla GamFatesi criar o sofá Traveller, para Porro, com estrutura em metal pintado de preto e couro
A clássica cama com dossel reaparece na peça Volare, criação de Roberto Lazzeroni, para Poltrona Frau, estofada com couro natural e base em metal puntado
A cadeira Era Lounge Chair High traz design simples e funcional. De Simon Legald para Normann Copenhagen
Em parceria com Carlo Scarpa, a Merilatia apresenta a cadeira 618, com estrutura em madeira sólida, de carvalho, bordo ou nogueira e assento e encosto em couro curvo

O design resgata o artesanal em peças de linhas contemporâneas e tramas de efeito handmade.


A tailandesa Performax apresentou na Slow Hand Design – stands voltados ao “eco a mano” da feira de Milão – suas técnicas artesanais por meio de uma linha de poltronas executadas em aguapés entrelaçados
A marca brasileira A Lot Of Brasil, em sua segunda participação na feira, surpreendeu com a coleção Estrela, assinada pelos irmãos Fernando e Humberto Campana, a exemplo da cadeira em metal recortado a laser, inspirada em estrelas do mar
A poltrona Mal 1956, inspirada na versão famosa de Charles Eames, da década de 1950, aparece vestindo um “casaco de lã”, numa versão handmade
De David Lopes Quinconces para Living Divani, a cadeira George’s tem versões em vime e em corda encerada, podendo ser usada em ambientes in e outdoor

Peças que conservam a beleza in natura da madeira e encantam pela riqueza de suas curvas.


Com um projeto audacioso, a marca italiana Riva 1920, apresentou mais uma de suas peças esculturais em madeira maciça. O banco Moldana, de criação do Studio AMeBE, foi inspirado nas bolsas femininas
Representando a poesia simples e orgânica da natureza, o designer finlandês Tappio Wirkkala criou para a Poltrona Frau a mesa lateral Bird, em madeira de bétula com corte de espessuras variadas, criando um design de superfície simétrica e diagonal, que remete ao bico de um pássaro
Casamento perfeito entre tecnologia e arte, a poltrona Handy – trabalhada em tronco de cedro – faz referência ao movimento artístico Pop Art, tanto em forma como em nome. De Antonella Scarpa para Riva 1920.
Com armação em madeira e acabamentos naturais, a cadeira JAM W tem traços simples e contemporâneos. De Archirivolto para Calligaris

Linhas simples e paleta candy revigoram o décor e acrescentam uma pitada retrô aos lares de hoje.


O aparador Alessia, da Creazioni, tem acabamento em laca fosca ou brilhante e design arredondado, inspirado na década de 1960
O biombo Pétalas, da dupla GamFatesi para Cappellini, foge do conceito tradicional da peça por meio de uma versão pendente, que separa os espaços com várias configurações possíveis
A grife Cassina apresentou uma das releituras mais comentadas da feira, a poltrona Antropus. Lançada originalmente em 1949, a nova versão traz linhas sinuosas e é toda revestida em couro. A peça é fruto das experimentações de Marco Zanuso para uma das primeiras comédias apresentadas no Piccolo Teatro de Milão

O dourado foi a grande estrela da Euroluce, revestindo de glamour luminárias de design único.


Pendentes que remetem a um elegante conjunto de trompetas, disponíveis em dourado, bronze ou rosé, da coleção Lafir, de Karim Rashid para Axo Light
O design escandinavo foi muito bem representado pela Normann Copenhagen com a coleção de luminárias Amp. Em versões de mesa ou pendentes, as peças assinadas por Simon Legald tem como destaque a união do mármore e do vidro, fazendo um equilíbrio perfeito entre peso e leveza
Em séries com uma, três, seis ou 12 luzes, a Axo Light apresenta a luminária Fedora, disponível em alumínio, nos tons bronze metalizado ou rosé, e spot de embutir em vidro transparente trabalhado
A luminária Pom Pom Floor, de Matteo Cibic para Calligaris, em sua versão de mesa, com base sólida em cimento e estrutura em metal cromado
0
Total Page Visits: 410 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *