Home Galeria

A alma e a força da arte preenchem os ambientes, trazendo mais história e personalidade em recantos especiais.


Mais que Mil Palavras

A presença de arte enobrece o projeto, principalmente quando está em diálogo com o estilo da decoração. E não imagine que somente quadros de pintores renomados trarão o efeito desejado. Além de pinturas consagradas, é possível abusar de gravuras, fotografias, desenhos abstratos e até mesmos de objetos emoldurados para personalizar a ambientação. O ideal é criar composições com artes diversas, sem hierarquia. O grupo pode ser arrumado simetricamente ou de modo irregular para dar a sensação de movimento ao espaço. Telas destacadas pela parede em preto reforçam o ar contemporâneo da ambientação. As fotografias em preto e branco se harmonizam com as cores claras e o décor minimalista, convidando à reflexão. Ambientes da Doimo.


Para Contemplar

O living é um dos principais ambientes para receber. Por isso, vale a pena investir em arte nesse espaço. No projeto assinado por Inês Sobreira e Ricardo Braga, a base sóbria permite que as telas e esculturas assumam papel de destaque na decoração. Já o colorido das obras escolhidas para o estar, projetado por Carlos Otávio, dá o ar de descontração desejado ao ambiente, sendo elas as verdadeiras protagonistas da vez.


Belo Efeito

O conjunto de obras poderá preencher toda a parede, com itens variados ou peças repetidas. Mas para causar um impacto visual é necessário analisar com cuidado a proposta de cada arte. Patrícia Araújo demonstra essa importância ao escolher telas em preto e branco para criar um clima mais clássico e nostálgico, no qual a iluminação adequada indica para onde o visitante deve dedicar sua atenção. Acima, no projeto de Neide Barbosa e Denise Bessa, o quadro com tema de flores, ao lado das telas com molduras douradas, potencializa o ar despojado junto ao sofá vermelho intenso. No projeto de Ana Fiuza, a sala ganha ares de galeria com as pinturas coloridas em referência à cultura popular.


Experiência Sensorial

O primordial não é combinar, mas contextualizar as obras no décor, gerando sensações e transmitindo ideias. Marcos Monteiro faz uma bela composição com obras de artistas cearenses. Para o recanto, Neide Barbosa explora retratos de rostos em sépia, que permitem destacar a poltrona colorida. O ambiente de Tatiana Melo investe na suavidade dos detalhes, com telas similares expostas simetricamente, enquanto um ar mais dinâmico chega ao living de Cláudia Castelo Branco, com telas de desenhos e cores demarcando o ambiente. O quarto da Doimo personaliza com poucas, mas marcantes, fotografias.

0
Total Page Visits: 149 - Today Page Visits: 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *