Arte e Design

POR CAROLINE SILVEIRA

A curadoria de peças assinadas, com desenho exclusivo ou garimpadas em viagens atrai o olhar no projeto de Caroline Silveira. Às linhas contemporâneas se somam conceitos essenciais como funcionalidade e aconchego, em 430 m² que valorizam o prazer de conviver.

LUGAR DE ENCONTROS

Junto ao estar mais intimista, o móvel concentra duas adegas climatizadas e vários utensílios pensados para um bar completo em casa. O destaque é o desenho do móvel – um dos vários feitos com exclusividade para o projeto -, em laca branca e dourada, incluindo efeitos de iluminação.

A CAIXA QUE ABRAÇA

Para entrar no apartamento você passa por uma espécie de caixa em madeira. “A sensação é de ser abraçado logo na chegada”, conta a arquiteta. Ela desenhou o puxador diamantado em acrílico e previu cada detalhe da experiência. “Logo se revelam o belo espaço da sala e as cores das obras de arte modernas, de José Guedes”.

Neste apartamento-galeria, não há fronteiras entre a arte, o design e as peças garimpadas em viagens e colecionadas pela família. Tudo se encontra e se mistura, em um resultado harmônico, sofisticado sem esforço e atraente para os olhares mais exigentes. Ainda que pareçam intuitivas, as composições foram cuidadosamente estudadas pela arquiteta Caroline Silveira, que assina o projeto do apartamento de 430 m². “As cores, as obras de arte e a curadoria das peças foram um verdadeiro prazer”, conta. “Temos criações de Jader Almeida, Rodrigo Ohtake, dos Zaninis… E praticamente, todos os móveis fixos trazem desenho exclusivo do nosso escritório”, explica Caroline. Logo na chegada, um elemento escultural antecipa o que virá – uma caixa em madeira com um puxador em acrílico diamantado dá às boas-vindas e revela em grande estilo a sala. Um estar maior, outro mais intimista com adega, uma sala de jantar e a varanda com churrasqueira, integrada na reforma, ocupam um imenso vão único e transformam a recepção de amigos ou um jantar cotidiano em acontecimento. Tons claros, mármore e laca branca rendem leveza e atemporalidade ao projeto, que também não abre mão de efeitos de iluminação para valorizar cada item escolhido. “A vontade dos clientes era bastante espaço para receber, curtir um vinho e contar com ambientes para serem vividos no dia a dia, bem funcionais e descomplicados”, destaca a arquiteta – que entregou aos clientes muito mais, transformando o lar de todos os dias em uma irresistível experiência visual.

SELEÇÃO BRASILEIRA

Até onde a vista alcança, a presença do melhor do design brasileiro é marcante. Há cadeiras de Zanine Caldas e Zanini de Zanine, pai e filho. No jantar e no bar da varanda, as poltronas têm assinatura de Jader de Almeida. Na sala, o tapete em tons de cinza é de Rodrigo Ohtake.

APARTAMENTO-GALERIA

A curadoria de obras de arte é um dos grandes diferenciais do projeto. Peças garimpadas nas viagens e colecionadas pela família ao longo do tempo ganharam um papel especial na ambientação, resultando numa composição sofisticada e de forte impacto visual. Para arrematar, a iluminação realça cada item escolhido.

VARANDA PARA ESTAR

Mais que integrada ao living, a varanda assumiu ares de um verdadeiro estar que prolonga o espaço para receber. O imenso sofá se volta para a sala, separada apenas por um levíssimo conjunto de painéis em vidro que podem se abrir totalmente. O piso em madeira deixa o espaço ainda mais aconchegante.

FORNECEDORES


Pedras, Ailec Mármores.
Cortinas, Agatek.

@carolinesilveira_arquitetura

Fotos: Felipe Petrovsky

0
Total Page Visits: 69 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *