Leve e ecofriendly, a cortiça é uma matéria-prima vegetal, proveniente da extração da casca da árvore do sobreiro. Por muito tempo associada exclusivamente à fabricação de rolhas, seu uso no design ganhou força pelas mãos de jovens criadores, atentos ao seu caráter resistente e multifacetado, com a criação de peçasLeia Mais

Fibras naturais ganham cada vez mais espaço nas ambientações atuais, – em peças que rompem o previsível, com formas inusitadas. Texturas tradicionais, como o rattan, a palha e o bambu assumem uma personalidade contemporânea, trazendo a casa todo o vigor, o aconchego e a sofisticação do estilo rústico-chic. 0Leia Mais

O uso de barro na produção de itens utilitários e decorativos é uma das muitas heranças indígenas para a cultura popular brasileira. Com grande força no Norte e no Nordeste, a matéria-prima de efeito rústico e coloração terracota inspira a criação de peças que referenciam sua simplicidade, unindo técnicas artesanaisLeia Mais

Com mais de 30 livros publicados, dezenas de restaurantes abertos e inúmeras contribuições para o mobiliário, como a Habitat – rede de lojas de decoração que revolucionou o mercado varejista da década de 1960 -, esse inglês multifacetado foi mais um dos nomes a deixar um legado “pop” para oLeia Mais

Cesare Colombo, apelidado de Joe, tornou-se um dos principais nomes da estética pop. Filho de industrial, ele abandonou a carreira de artista plástico e dedicou-se ao design de produto, deixando uma inegável contribuição para o mobiliário com um método experimental que mesclava técnicas de pintura e escultura às novas tecnologiasLeia Mais

Com a cadeira que leva seu sobrenome – a primeira a ser produzida numa peça só de plástico moldado –, o dinamarquês Verner Panton iniciou uma revolução “pop” no mobiliário da época. Utilizando novas tecnologias e materiais impensados, como espuma e poliuretano, sempre em cores vibrantes, ele trouxe humor àsLeia Mais