CasaCor Ceará 2018

A edição especial em comemoração de 20 anos da CasaCor Ceará reúne 54 ambientes assinados por mais de 70 profissionais do segmento de arquitetura, decoração e paisagismo, que apresentaram uma nova forma de se relacionar com os espaços por meio da conexão com a natureza e um olhar atento ao conforto, convívio e bem-estar.

LIVING COM VARANDA por Marcus Novais e Lucas Novais. Uma convivência agradável nos contornos de um layout que proporciona o máximo conforto. Para alcançar essa sensação de bem-estar, Marcus Novais e Lucas Novais investiram na integração entre espaços interno e externo, além de trazer a luz natural para dentro do ambiente através das persianas em tom cinza, que, por sua vez, se harmonizam com a pedra natural Travertino Grey, usada como plano de fundo. No living, tons quentes e um mobiliário superconfortável evocam intimismo e elegância. Em destaque, o trabalho escultural da divisória vazada em barro, o móvel com frente estampada assinado por Marcus Novais, as luminárias de formas orgânicas e o sofá que envolve e dimensiona todo o lugar. A varanda é uma referência direta à proposta de conexão com a natureza, exalando o frescor do verde das plantas e um colorido vibrante.

Fornecedores: Desconexo Design, Le Spec, Ouvidor Interiores, Ailec, Bete Cunha Tapetes, Candela.


JARDIM COM PISCINA por Arthur Bonavides, Bruno Frota e Carlos Zaranza. Um ode ao relaxamento em contato direto com a natureza, o ambiente explora a busca pela espiritualidade em contraponto ao estresse e à correria do dia a dia. Para criar um cenário de paz e conforto absoluto, os profissionais investiram em um exuberante paisagismo, móveis outdoor que exalam aconchego e uma paleta de cores de tons quentes e vibrantes. Um dos pontos altos do projeto é a oca em bambu desenhada especialmente para o espaço, que propicia um lugar perfeito para meditação, individual ou em grupo. Uma proposta pensada em cada detalhe para gerar bem-estar e instigar o relax.

Fornecedores: Europa Garden e Evidência Móveis.


A cúpula original do teto ganhou destaque com a estrutura em madeira e a presença de plantas.


SALA DE SOM COM ADEGA por Luciana Brasileiro. Este espaço de convívio tem como elemento central um generoso sofá posicionado de forma estratégica para integrar e delimitar as áreas da adega e som. Parte dos elementos originais da casa foram mantidas pela designer, a exemplo da cúpula do teto, valorizada pelo desenho geométrico da estrutura em madeira e presença de plantas, e os tijolinhos aparentes, que remetem às vinícolas. A pintura de concreto e a estante em ferro surgem em alusão às antigas construções. Já a madeira, usada em parede, piso e teto, entra como o contraponto ideal para proporcionar a sensação de aconchego. Destaque ainda para o painel da TV em mármore Grigio Monet que enobrece o ambiente.

Fornecedores: Romanzza, La Vinci, Candela, Dtech, Multipolipedras, Vidronorte e Casa Bonita.


COZINHA LOUNGE JARDIM por Maria José Lopes. Integração foi a palavra de ordem para mesclar os três espaços contemplados no projeto. Em perfeita sintonia, cozinha, lounge e jardim formam um cenário amplo e convidativo, que reflete bem o caráter multiúso aplicado na proposta de Maria José Lopes. A base branca é complementada por tons de rosa, verde e marrom, direcionando o olhar para áreas de convívio. O mobiliário em linhas retas e simétricas ressalta o aspecto funcional da cozinha, agregando modernidade em contraponto ao toque rústico do jardim, cujo a atração central é uma grande árvore.

Fornecedores: Cosentino, Europa Garden, Galpão D, Habitat, Metal Comércio e Multipolipedras.


SALETA VERDE por Maria José Lopes. A relação harmoniosa da natureza com o ambiente foi o conceito que conduziu o projeto de Maria José Lopes. O verde das plantas, como não poderia ser diferente, surge em destaque no expressivo jardim vertical que ocupa a totalidade de uma das paredes para dar vida e humanizar o cenário. Além disso, o telhado de vidro traz a luminosidade natural para dentro do espaço, promovendo uma conexão direta com a área externa. O mix de texturas e formas presentes nos vários elementos do ambiente aliado ao mobiliário confortável reforça a proposta aconchegante da composição, que ainda tira partido do móvel em marchetaria, adega e prateleiras em ferro e vidro escuro para enfatizar um ar mais moderno.

Fornecedores: Galeria de Arte Danielle Araujo, Galpão D, La Vinci, Habitat, Metal Comércio e Royalle Home Design.


SALA DE JANTAR por Cibelle Parreiras. A identidade do ambiente é marcada pelo uso coordenado de vários materiais naturais e a presença abundante de plantas. A mesa de madeira com pernas de formas orgânicas que lembram troncos de árvores divide atenção com as cadeiras em couro e o móvel de apoio, com cafeteira e adega, em pedra ônix iluminada. O impacto visual está no teto, trabalhado com faixas em madeira e painéis de lâmina de pedra translúcida iluminada, divididos por uma espécie de pequeno jardim de samambaias, que acompanha a curvatura da arquitetura da casa. A originalidade do imóvel também foi preservada no piso, em mármore aurora real. O ambiente ainda conta com um pequeno estar, com poltronas em madeira e palhinha, ladeado por uma “escultura” de espelho e nichos hexagonais em vidro reflecta, formando uma colmeia. A combinação suave dos tons millennial pink e serenity reforçam a atmosfera contemporânea da proposta.

Fornecedores: Casa Bonita, Casa Milà, Agatek, Galeria de Arte Danielle Araujo, Multipolipedras, Toque de Ideias e La Vinci.


LAVABO TÉRREO por Anellise Bluhm, Carol Timbó e Mirna Albuquerque. A ideia principal da proposta era utilizar materiais e soluções de baixo custo, mas que trouxessem grande impacto visual, beleza e sofisticação ao espaço. Assim, as profissionais elegeram o tom de rosa como grande protagonista. A cor tinge o tijolo artesanal aparente que rege o lavabo, conferindo charme e feminilidade ao ambiente. O papel de parede floral aquarelado ampliou a cartela de cores, que ganhou também o bordô. Uma estrutura em metalon abriga a cuba e as muitas orquídeas que dão vida ao espaço, enquanto o trabalho de macramê feito por artesãs locais, aplicado de forma inesperada, traz ainda mais personalidade.

Fornecedores: Casa Milà e La Vinci.


SALA DO COLECIONADOR por Diego Studart. Um recanto personalizado e elegante para homenagear o colecionador Silvio Frota. Parte das fotografias em preto e branco de seu acervo pessoal ganha destaque ao dar vida às paredes do espaço, que funciona como um refúgio aconchegante, composto por mesa de trabalho e um grande sofá curvo para conversas informais, poltrona de leitura e um recanto para reuniões mais reservadas. O piso e o teto texturizado agregam um ar despojado em sintonia com a madeira natural, estrutura em metalon e a forte presença do verde. O toque de sofisticação fica por conta do uso de materiais refinados, como a bancada em mármore Fantastic Brown.

Fornecedores: Casa Milà, Museu da Fotografia, Dtech, Bete Cunha Tapetes, Galpão D e Blindstore.


WINE LOUNGE por Racine Mourão. Os apaixonados por vinhos ganharam um espaço sofisticado e intimista para apreciar a arte da degustação. Uma atmosfera dramática e envolvente surge a partir dos tons madeirados, vinho e cinza, que perpassam o amplo ambiente marcado por vigas que enquadram cada recanto, dialogando com o movimento dos móveis de linhas curvas. O tapete delineia a área de recepção, ao centro, se distanciando da adega reservada na lateral. Destaque para a curadoria das obras de arte e para o design arrojado da mesa de centro em mármore italiano desenhada pelo arquiteto. A vista para o jardim ainda proporciona conexão com a natureza, referenciada em vários pontos desse lounge elegante e contemporâneo.

Fornecedores: Ailec, Candela, Desconexo, Galpão D, Habitat, Home Design, Ouvidor Interiores, Portobello Shop e Vidraçaria Paulista.


Racine Mourão passeia em seus espaços da casa pelo luxuoso, pelo rústico e o pelo high-tech com uma elegância ímpar.


GALERIA VIVA por Racine Mourão. Com o intuito de fazer dos visitantes da CasaCor Ceará 2018 o personagem principal da mostra, o arquiteto Racine Mourão criou esse ambiente interativo, composto por um corredor de espelhos em que é possível ter uma visão 360° de si a partir de diferentes ângulos – inclusive do teto. Ao iniciar o trajeto pelo ambiente escuro e enigmático, a experiência incomum vai se tornando divertida, marcada por criatividade, dinamismo e um certo toque futurista em meio aos materiais naturais que marcam a Casa Viva deste ano. Aliás, a iluminação indireta auxilia na execução dos efeitos visuais e permite que fotos sejam realizadas de maneira inusitada. Surpreendente e inovador!

Fornecedores: Ailec, Candela, Habitat, Portobello Shop e Vidraçaria Paulista.


O estilo retrô e industrial transformam o espaço uma verdadeira galeria de arte, com fotografias que personalizam o lugar.


GALERIA DO FOTÓGRAFO por Afonso Tomoda. As fotografias de Victor Eleutério permeiam todo o ambiente e se moldam ao projeto de uma forma ímpar, tornando esse corredor num espaço exclusivo e personalizado. A pegada retrô e industrial ganha teto cimentício com gradil em metalon em total harmonia com a bancada em gabião com pedras naturais em estado bruto. O lugar ganha leveza e amplitude com a iluminação natural captada através de 10 janelas, que promovem junto ao painel ripado na extensão da parede oposta uma maior sensação de profundidade ao pequeno hall de 25 m², que ganha contornos de uma galeria de arte.

Fornecedores: TSX, Casa Milà, Fotografia Victor Eleutério, Blindstore e La Vinci.


Renovar a missão de surpreender os visitantes ano após ano, ao longo de duas décadas, não é uma das tarefas mais fáceis. No entanto, a CASACOR Ceará celebra 20 edições reafirmando a excelência da mostra ao nos brindar com 54 ambientes inspiradores, com soluções originais, materiais de alto padrão em sintonia com as grandes tendências do momento. Como tema da temporada, o evento traz a proposta de uma CASA VIVA, com foco na interação direta com o verde, que cria verdadeiros refúgios de bem-estar. Plantas e árvores aparecem em posição de destaque mesmo em espaços fechados, conferindo cor e vida aos cenários. Tudo com uma pitada regional e a marca pessoal da cada um dos 75 profissionais envolvidos na mostra. Retornando à casa do grupo J. Macêdo, o evento explora os jardins do renomado paisagista Roberto Burle Marx, um dos destaques mais expressivos da área de 10 mil m². O imóvel, construído em 1969, carrega estética e história que despertaram a criação de diversos projetos com narrativas repletas de memória afetiva. Como tem ocorrido no decorrer dos últimos 20 anos, a CASACOR Ceará segue como um símbolo do talento local e um farol a iluminar o que há de melhor na produção em arquitetura, decoração e paisagismo no Estado. Quem visita a mostra, não apenas contempla a beleza de projetos inspiradores e autênticos, mas também vive experiências e sensações que só o design no mais alto nível é capaz de proporcionar.


SALA DA FAMÍLIA por Ney Barroso Filho. O regionalismo inspirou esse espaço de convívio que propôs o resgate da cultura do sertanejo. Assim, o hábito das prosas com familiares e amigos nas calçadas foi trazido para dentro da casa para recriar um cotidiano compartilhado em volta da mesa, durante as refeições, longe dos aparatos tecnológicos. A rica flora regional, especialmente cactos e mandacaru, marcam o recinto, que se completa com tons vibrantes e materiais com referências do imaginário nordestino, como crochê, palhinha, cerâmica e barro. Uma generosa estante se estende por uma das paredes, abrigando objetos repletos de memórias afetivas, que dialoga com o balcão terracota e os bancos de couro, remetendo às antigas mercearias dos interiores do Estado. Do lado oposto, ripas de madeira em diagonal ganham cores vivas, produzindo efeito visual geométrico dinâmico e divertido. Ney Filho assina o mobiliário juntamente com os profissionais Marcus Braga e Celina Hissa, desenvolvido pela etiqueta Catarina Mina Home com exclusividade para a Casa Cor Ceará 2018.

Fornecedores: Ailec, Bete Cunha Tapetes e La Vinci.


QUARTO DO CASAL por Luce Galvão de Sá. O espaço instiga uma reflexão sobre o cotidiano e convida a se desconectar da correria da vida moderna. Com essa proposta, Luce Galvão de Sá criou um ambiente setorizado, com área de estar, closet e tocador, onde tudo se comunica por meio dos materiais naturais e de tons que inspiram tranquilidade. O verde foi selecionado para o papel de parede que recebe a cama com o intuito de valorizar a altura do pé-direito, além de fazer um belo contraste com a cor das dracenas vermelhas, posicionadas na lateral. O tapete rosa com detalhes vazados, assinado pela arquiteta, traz movimento ao ambiente, atraindo os olhares para o piso em mármore. A forte interação com a natureza propõe ainda um olhar introspectivo sobre nós mesmos. Obras de arte, fotografias, livros e peças de design narram a história de vida do casal, arrematando com charme e personalização o ambiente.

Fornecedores: Bete Cunha Tapetes, Bete Cunha Interiores, Galpão D, Le Spec, Romanzza Modulados, Multipolipedras, Metal Comércio, Renata Decorações e Roberto Dias.


SALA DE BANHO DO CASAL por Marcelus Caracas. Um ambiente para o relax, sem abrir mão da sofisticação. A sala de banho ganhou uma banheira na área central e um lustre de design contemporâneo como destaque. A paleta de cores em verde e bege em composição com o painel de madeira proporciona uma atmosfera aconchegante e humanizada, enquanto os materiais frios, como o porcelanato que remete ao mármore e as bancadas de Limestone escovado trazem elegância, juntamente com o toque de dourado dos metais. A iluminação indireta confere um ar superintimista ao espaço.

Fornecedores: Metal Comércio e White Stone.


SUÍTE DA MOÇA MUNDO DE ALICE por Érica Dantas, Fernanda Levy e Juliana Rolim Dias. A Suíte da Moça foi inspirada em Alice Macêdo, bisneta da antiga moradora do espaço, Isa Macêdo. A paixão por jornalismo, cinema e arte foi ponto de partida para a concepção desse projeto em tons rosa seco e verde. Assim, o espaço de leitura surge próximo ao futon na janela estilo americana, com vista para o jardim, que dialoga com a “prateleira viva” e a mesa de tronco de madeira. A área do closet traz ainda mais charme ao décor permeado por elementos naturais, como a madeira in natura, as paredes de pedra em estado bruto e as plantas pontuais que evocam a natureza para dentro da suíte.

Fornecedores: Renata Colchoaria, Bete Cunha Tapetes, Galpão D e Evidência Móveis.


Colorido e aconchegante, a suíte das meninas propicia a autonomia das crianças combinada à ludicidade de um mundo fantástico.


SUÍTE DAS MENINAS por Pedro Paulo Rolim e Luara Carvalho. A magia do universo infantil invade esse recanto, inspirado no método Montessoriano, com móveis à altura das crianças. A suíte que homenageia as irmãs Isabela e Roberta, filhas do prefeito Roberto Cláudio, é um espaço delicado, lúdico e aconchegante, remetendo às florestas encantadas. Claraboias com lâmpadas que simulam a luz natural do sol se juntam ao céu azul com nuvens e aos nichos de estruturas em madeira em formato de galhos de árvore para deixar o cenário ainda mais adorável, enquanto as formas geométricas e colorido nas paredes trazem dinamismo e alegria ao décor. A diversão fica por conta do balanço com flores decorativas em total diálogo como mobiliário.

Fornecedores: La Vinci, Royalle Home Design, Multiformas Design, Multipolipedras, Planneje, Casa Bonita, Tsx Revestimentos, Felipe Gradvohl, Tintas Sherwin Williams e Europa Gardens.


O painel da cama conta com desenho geométrico exclusivo das arquitetas.


SUÍTE DO RAPAZ por Inês Porto e Beatriz Câmara. O estilo contemporâneo de linhas retas marcado pelo mix elegante de materiais e peças de design é conceito deste ambiente projetado por Inês Porto e Beatriz Câmara. As cores pontuais dão vida e toque de descontração ao lugar. O azul acinzentado destaca o desenho das ripas de madeira da parede que, por sua vez, dialoga com o recanto de trabalho, totalmente envolto pela madeira. Ali, as formas geométricas seguem na estante, base da mesa e na luminária em metalon, acentuando a atmosfera urbana da suíte. A cortina possibilita a visualização do jardim externo, trazendo a natureza para dentro do espaço. O painel contínuo até a suíte é arrematado com um nicho para a bike, que, transformado em objeto decorativo junto a outros elementos esportivos, transmite o espírito aventureiro do rapaz. O armário central em vidro com fundo em tecido é peça de destaque para a composição do closet. Destaque para o dispositivo digital do espelho, que possibilita compartilhar os looks pelo instagram.

Fornecedores: Candela, Casa Milà, Desconexo, Dtech, Hunterdouglas, Metal Comércio, La Vinci, Multipolipedras, Renata Colchoaria e LM Decoração de Interiores.


ESTAR AO SOL por João Dias. O ambiente traz uma interpretação atualizada para os tradicionais jardins de inverno. Arejado, amplo e em níveis diferentes, o living com solário tira partido da luz natural de forma expressiva por meio das claraboias. O projeto mescla materiais em tons claros, traçado retilíneo e um mobiliário de ares escandinavos. Tons de madeira, preto e cinza fazem um contraponto elegante e contemporâneo ao ambiente, que inspira a convivência e o conforto em cada recanto, seja ao redor da generosa mesa ou no generoso estofado de frente para um espelho d’água com uma cabeceira verde. A imponente estante faz uma homenagem ao pintor holandês Piet Mondrian, com suas linhas retas e cores primárias, causando impacto visual logo na entrada.

Fornecedores: Casa Bonita, La Vinci, Metal Comércio e White Stone.


LAVABO JARDIM por Laís Sampaio e Gustavo Augusto. O frescor dos jardins e o toque natural de palha, madeira e pedras dão o tom do espaço. Os materiais naturais proporcionam um ambiente sensorial que desconecta o visitante do cotidiano urbano. Laís Sampaio e Gustavo Augusto enriquecem o espaçço com peças assinadas por artesãos e artistas contemporâneos regionais, como a cadeira Úba, do designer Igor Sabá.

Fornecedores: Planneje Móveis Planejados, Agatek, Casa Mil e, La Vinci.


VESTÍBULO COM ESCADA por Roberto Pamplona Jr. As linhas retas conduzem o olhar pelo ambiente formado por maneiras nada óbvias de integrar a natureza ao espaço. Com plantas distribuídas por todos os espaços em vasos rústicos, passando pelos tons verdes do tapete e do teto, o arquiteto incorporou o tema Casa Viva. A madeira entra, de forma moderna, como material principal e se alia aos espelhos em formatos aleatórios, que revestem teto, parede e degraus da escada, conduzindo a uma instalação com inúmeros sapos – que encantam pela sua característica lúdica e inusitada. Aliás, o bichinho também aparece em quadros oversized e de forma microscópica nas telas do artista plástico Isac Furtado. As cores neutras foram a base escolhida para ressaltar o mobiliário confortável. Destaque ainda para a mesa que guarda um pequeno jardim e para o efeito da iluminação intimista que deixou o espaço envolvente.

Fornecedores: Agatek, Candela, DTech, Evidência Móveis, Home Design e Misurato.


CASULO por Ramiro Mendes. A capa protetora feita pelas larvas do bicho-da-seda, usada para a metamorfose, é também sinônimo para abrigo. Partindo desse princípio, o designer Ramiro Mendes otimizou o espaço localizado no subsolo da casa, mantendo a história do lugar através dos revestimentos originais. No ambiente, tudo denota aconchego e abrigo, com resgate à memória, propondo um santuário que resguarda os maiores tesouros do proprietário, recordações de infância, da família e de viagens. Os dois níveis ajudam na delimitação do espaço, assim como os móveis funcionais – a exemplo da grande mesa central que divide sala e cozinha, estendendo-se ao nível da cama para se transformar em um criado-mudo. O quarto é aberto ao closet que, por sua vez, conduz o visitante a um corredor de pedras que leva até a sala de banho, passando por um jardim com cactos e suculentas. Ali, a banheira de estilo clássico é destaque, assim como os diversos biombos, que também exercem a função de prateleiras. Sem abrir mão do requinte, o ambiente harmoniza materiais naturais, peças de design e obras de arte sobre uma base escura aquecida pelos tons terrosos, que saltam aos olhos.

Fornecedores: Bete Cunha Tapetes, Candela, Desconexo Design, Dtech, Moveria, Ouvidor Interiores e Metal Comércio.


ISSO É ARTE por Sergei de Castro. Van Gogh foi escolhido como personificação de todos os gênios incompreendidos que inspiraram este ambiente que é pura arte. O icônico quadro Quarto em Arles criado pelo pintor holandês em 1889 foi recriado em tamanho real pelas mãos de Sergei. O outro lado do ambiente guarda um atelier contemporâneo de pintura, em que o artista que assina o lugar realiza pinturas e desenhos sob observação dos visitantes, preenchendo as telas em branco. Neste espaço, o revestimento de tijolinhos traz neutralidade para que o olhar se volte para os quadros expostos.

Fornecedor: Lumens Light.


HALL ENTRELAÇO por Elias Petruço e Felipe Costa. O hall foi ressignificado a partir de palavras-chave como integração, acolhimento, calma e bem-estar, sem abrir mão da sofisticação. Madeira e pedras naturais norteiam todo o lugar, além do uso de padronagens e textuturas exclusivas em floral e verde. A partir deles, o projeto entrelaça memórias e histórias às vivências futuras, fomentando a troca de experiências, tão essencial à vida contemporânea. Rasgos de luz surgem no corredor, de forma surpreendente, enquanto a iluminação indireta em outros pontos ressaltam o aconchego e o intimismo. As plantas compõem de forma aleatória o desenho geométrico do mobiliário fixo, duplicadas pelo fundo em espelho. O toque final vem com o colorido das obras de arte, que reforçam, de forma poética, as relações humanas entre os que transitam no espaço e personalizam todo o lugar.

Fornecedores: Casa Milá, Royalle Home Design; Lúmens Light; Evidência Móveis; Bete Cunha Tapetes; Dtech e TSX Revestimentos.


LOUNGE DOS ESTÚDIOS por Rachell Aguiar e Rayana Araújo. Um espaço que alia contemporaneidade e tecnologia por meio do uso de materiais sofisticados, móveis de design e recursos audiovisual de última geração. Formas sinuosas e linhas retas se revezam no mobiliário e nos tapetes em harmonia com a paleta de cores neutras – branco, bege, cinza, preto e tons de dourado -, e às nuances de rosa, que passeiam do rosa quartz, passando pelo cassis, chegando até o roxo, o que torna o ambiente sofisticado e cool.

Fornecedores: Bete Cunha Interiores, Le Spec, Galpão D, Mill Móveis, Spot Iluminação, Ailec, La Vinci, Metal Comércio e Singular Automação.


SALA DO EMPRESÁRIO por André Scarlazzari, Dito Machado e Marcus Braga. A trajetória de vida de Roberto Macêdo é a principal fonte de inspiração para a criação deste ambiente sóbrio e sofisticado. Foi projetado um espaço emoldurado por uma combinação quase monocromática de tons. A decoração conta com objetos emblemáticos, móveis e obras de arte, que dialogam diretamente com a história a ser contada. O visitante é imerso na narrativa por meio de uma ambiência interativa que mescla sons e imagens, projetadas sincronizadamente sobre mesas, paredes e, em alguns momentos, sobre objetos da decoração.

Fornecedores: Casa Bonita, Dtech, Spot Iluminação e Vidraçaria Paulista.


ESTÚDIO CONTEMPORÂNEO por Kel Oliveira. O Estúdio Contemporâneo, voltado para atender aos amantes do design e de viagens, tem como conceito inicial um ninho, que serve de apoio, aconchego e conforto para reforçar o sentido de lar. Representado por uma caixa de madeira dentro de um espaço de concreto, o quarto torna-se o ambiente que representa refúgio por meio da iluminação intimista e a presença marcante do verde, que contrasta com as cores quentes e vibrantes do estar, com atenção voltada à escultura que parece saltar da parede. Em 100 m², uma sala ampla integra-se à cozinha, que, por sua vez, está separada da sala de banho com banheira por um jardim vertical, cujo o verde se harmoniza com o tom do quartzito Green Ocean. No quarto, a estampa da cabeceira é exclusiva e traz cores que ajudam a compor o ambiente. O teto aparente, com pegada industrial, reforça o contraponto e cria dois universos em um só lugar.

Fornecedores: Ailec, Le Spec, Bete Cunha Tapetes, Dtech, Vidraçaria Paulista e Renata Colchoaria.


LOFT CINQUENTINHA por Anik Mourão. Com inspirações na mulher independente e no estilo vintage, este ambiente cria um apelo delicado e, ao mesmo tempo, de forte personalidade. Os materiais representam esta contraposição a partir da mescla de elementos simples da construção, como telha e tela metálica, e matérias-primas mais nobres, como o cristal rosa, predominante no banheiro. As texturas com pegada destroyed – a exemplo da laje crua e do piso de granilute – também chamam atenção em meio a parede de vidro e painéis madeirados. Destaque ainda para a grande obra de arte, de autoria de Cadeh Juaçaba, que estampa a parede do estar e revela a mulher que inspirou o espaço. Na cozinha, o estilo vintage traz características de casa de avó, sem abrir mão da funcionalidade contemporânea. O layout do projeto faz com que o visitante circule pelo ambiente, composto por um lado de cozinha e banheiro e, do outro, por dormitório e atelier, separados por um espaço zen, ao centro. A ideia é entrar gradualmente na intimidade da moradora e descobrir suas memórias afetivas e riqueza de detalhes da proposta.

Fornecedores: Portobello Shop, Bomtempo, Ailec, Cosentino, Ouvidor Interiores, Desconexo Design, Vidraçaria Paulista, Spot Iluminação e Habitat Automação.


STUDIO DO JOVEM EMPRESÁRIO por Lucila Mendonça. Os tons sóbrios e um mix de texturas são alguns componentes do Studio do Jovem Empresário. Com pegada contemporânea, o ambiente inspirado no empresário Vinícius Machado é composto por um loft dividido em sala, quarto e banheiro que se interligam de forma contínua e fluida, sem barreiras visuais. Madeira, mármore e tons de dourado dialogam em harmonia traduzindo um espaço aconchegante e sofisticado.

Fornecedores: Agatek, Candela, Casa Milà, Cosentino, Dtech, Galpão D, La Vinci, Metal Comércio, Vidraçaria Paulista e Renata Colchoaria.


ESTÚDIO DA PUBLISHER por Fabiane Tavares. Um espaço ideal para receber com conforto e descontração. Assim é este ambiente criado para homenagear os 10 anos de carreira de Márcia Travessoni. O clima de aconchego predomina no ambiente por meio da presença da madeira, no piso e nos painéis, enquanto os tons rosé dão o toque feminino, composto também pelos quadros com imagens de mulheres. O teto com trabalho tridimensional imprime um ar contemporâneo ao espaço.

Fornecedores: Casa Milà, Candela, Multipolipedras, Galpão D, Habitat, Home, La Vinci, Hunterdouglas, Vidraçaria Paulista, Romanzza e LM Decoração de Interiores.


ESTÚDIO DA FASHION INFLUENCER por Valdo Figueiredo. Os estilos industrial chic e contemporâneo regem o loft, composto por quarto, closet, estar e cozinha, totalmente integrados e abertos. Tubulação aparente, concreto e madeira fazem contraste com os tecidos finos e móveis de design inovador, promovendo um rico diálogo de materiais e estilos, provando que, assim como na moda, não há regra rígida para decoração. Os tons terrosos, como verde musgo, laranja e marrom se contrapõem com os vibrantes amarelo e rosa do closet. As diversas formas de expor as plantas trazem descontração ao espaço, que se torna ainda mais fresh pela claridade natural que adentra através dos panos de vidro.

Fornecedores: Agatek, Ailec, Candela, Dtech, Cosentino, La Vinci e Renata Colchoaria.


MOSTRA DIÁLOGO BRASIL ORIGINAL ARTESANATO & DESIGN por Liana Santana. A arquiteta criou um cenário para expor o artesanato cearense de maneira desconstruída. As peneiras de palha formam uma instalação e os quadros de macramê desenvolvidos por Roberto Dias demonstram que o artesanato pode ter diferentes formas de aplicação e uso. O ambiente produz sensação de movimento a partir dos painéis em madeira que percorrem todo o lugar e “abraçam” a exposição. As peças expostas são assinadas por profissionais conceituados, como Espedito Seleiro, e novos artistas cearenses, a exemplo de Marilia Calloua.


GALERIA ZENON BARRETO por Camila Claudino. O centenário de Zenon Barreto marca esta galeria em homenagem ao artista cearense que tem obras incorporadas à paisagem de Fortaleza. Assim, Camila Claudino usa matérias-primas simples e regionais, como tijolinhos, cimento, concreto, madeira e cordas, que suspendem esculturas ao longo do espaço, para dialogar com o trabalho do artista que retrata a mulher sertaneja por meio de esculturas públicas, a exemplo a Iracema Guardiã, estátua localizada na orla da Praia de Iracema. No espaço é possível apreciar ilustrações dos jardins do Palácio da Abolição entre outros itens do acervo do Instituto Zenon Barreto.

Fornecedores: La Vinci e Casa Bonita.


CAFÉ CONCEITO por Claryanne Aguiar. A sofisticação é o ponto-chave desse ambiente que sugere a degustação dos sabores marcantes dos grãos do café ao som de uma boa música em um espaço reservado e agradável. Para criar essa ambiência acolhedora, a arquiteta Claryanne Aguiar investiu em uma paleta de cores delicadas, como rosa seco e verde, em harmonia com o preto, e materiais nobres, como mármore na bancada, bem como papel de parede que remete à folhagem e madeira pino no piso. As tradicionais mesinhas fazem alusão aos cafés europeus, com todo o charme e estilo que despertam. Na área externa, uma escultura que remete aos contornos de uma árvore coberta com vegetação natural recebe os visitantes, num convite para boas conversas e momentos especiais, sob um verde natural.

Fornecedores: Multipolipedras, Multiformas, La Vinci, Agatek, DTech, Metal Comércio, Galpão D e Le Spec.


ESPAÇO GOURMET por Marília Mendes. Um bom espaço de recepção deve ser convidativo, confortável, funcional e claro, ter apelo visual agradável. Pensando nisso, a designer de interiores Marília Mendes concebeu esse espaço gourmet arrojado e amplo, que reflete a máxima do bem-estar. O teto ganha madeira ripada que se entrecruza, criando um desenho supermarcante. Aliás, a madeira perpassa todo o espaço, do mobiliário à estrutura. Na área mais reservada, os tons sóbrios garantem uma pegada urbana e moderna. Destaque para a ilha multiúso, com uma mesa de madeira e ferro fundido, desenhada pela profissional. Repleto de verde, o espaço é um refúgio que oferece conforto e aconchego, sendo um convite à boa convivência. O ambiente se conecta com o exterior através dos brises verticais, que dão um charme a mais.

Fornecedores: Romanzza, Casa Bonita, Lúmens Light, Cosentino, La Vinci e Casa Milà.


LÊ BISTRÔ por Camila Santana e Cris Paola. Com foco na valorização da arquitetura funcional e prática, Camila Santana e Cris Paola desenvolveram o projeto do Lê Bistrô. A proposta é um ambiente clean, equilibrado, vivo e elegante, inspirado nestes pequenos restaurantes franceses que prezam pela convivência e relações pessoais. Conectado com o exterior por panos de vidro, o ambiente assume uma atmosfera receptiva e agradável graças à mistura de texturas, cores e o equilíbrio entre elementos regionais e de design. A iluminação pontual direciona para cada recanto de charme, nos quais elementos regionais dialogam com peças de design.

Fornecedores: Agatek, Ailec, Best Marcenaria, Bete Cunha Tapetes, Casa Bonita, Dtech, La Vinci, Multiformas e o artista plástico Tulio Paracampos.


LOUNGE CASACOR 20 ANOS por Ticiana Sanford. A automação é o ponto-chave do Lounge CasaCor 20 anos. O ambiente tem a função de “praça tecnológica” que traz a história dos 20 anos da mostra de uma forma interativa, explorando recursos audiovisuais. Fazendo a conexão entre a casa e a área gourmet, esse espaço público ocupa uma área com pilotis. Intimista e confortável, o lugar é apropriado para interação e uma pausa para descanso e recarrega de celulares. Aqui, a iluminação assume papel principal e surge balizando as vigas do teto, destacando as plantas e o mobiliário retroiluminado, que convida ao relax.

Fornecedores: Best Marcenaria e Europa Garden.


ESPAÇO CASA VIVA por Alaélia Castro, Joel Filho e Karine Maia. O trio parte do conceito de biofilia, que resgata a conexão do ser humano com a natureza, para dar formas ao Espaço Casa Viva, uma loja de 61 m² funcional e versátil, que utiliza materiais sustentáveis e tira proveito do revestimento original da casa, como o concreto. O teto em arco da casa também foi mantido, adicionando ripas para destacá-lo. Nesse lugar, seis artistas locais expõem produtos feitos artesanalmente em um cenário produzido com madeira pinos, de reflorestamento. Duas ilhas destacam algumas peças, que são valorizadas por luminárias assinadas pelos arquitetos. Nichos, gavetas e prateleiras também são usados para apresentar as criações dos artesãos. Na cartela de cores, nude e verde claro remetem ao tema “Casa Viva”.

Fornecedores: Casa Bonita, White Stone, Vidraçaria Paulista e DTech.


ATELIÊ DOS CERAMISTAS por Marcílio Sousa. O barro, que faz parte da cultura popular e serve como matéria-prima para a arte da cerâmica, amoldou-se como inspiração para este espaço. O ambiente de essência nordestina tem os cobogós como elemento-chave, apresentados em sua cor crua, revestindo paredes e teto. O projeto de design sustentável não abriu mão do estímulo da natureza, representada pela cor verde no teto e nas paredes, em faz referência à carnaúba, e pelos tons alaranjados que remetem ao pôr do sol. Madeiras, pedras e vidros complementam o ambiente cálido e realçam as peças expostas.

Fornecedores: Casa Bonita, Casa Milà, Lúmens Light, Royalle Home Design e White Stone.


FLUX JOALHERIA CONTEMPORÂNEA por Josafá Neto, Zaíra Mendes, Juliana Hissa. Muito além de uma loja, o espaço da Joalheria sugere o uso de uma generosa sala de estar, que permite os visitantes apreciarem as peças em um ambiente agradável e acolhedor. A mescla entre elementos naturais, como madeira, pedras e plantas, e industriais, como o piso e teto cimentício, resultou em um projeto contemporâneo de paleta de tons de cinza. O balcão feito com um bloco de mármore exala sofisticação, destacado pelo desenho da parede com elementos volumétricos, revestidos com pedras naturais e iluminação indireta. Do lado oposto, o painel em madeira aquece o ambiente e recebe as prateleiras de desenho retilíneo para expor as peças. Um expositor central, iluminado pelo par de luminárias articuladas, destaca as joias exclusivas, organizando a circulação da loja. O verde das plantas dialoga com o jardim da área externa, ganhando sensação de continuidade através de uma grande janela.

Fornecedores: Bete Cunha Tapetes, Royalle Home Design, Casa Bonita, DTech, Europa Garden, La Vinci, LM Decoração de Interiores e Villarejo Revestimentos.


HOSPEDARIA por Érico Monteiro. Os tons crus e materiais naturais, como linho, madeira e palha, são o ponto de partida para esta charmosa choupana, cravada em meio ao paisagismo do lugar entre três árvores adultas e gigantescas. O ambiente busca proporcionar ao visitante um contato direto com o verde, o natural e o orgânico. Aliás, a cor surge de maneira pontual na poltrona de design e alguns tapetes, que sobrepõem o piso de areia. A cama com dossel e a banheira agregam sofisticação ao quarto da hospedaria, que preza pelo conforto e bem-estar. No seu interior, mobiliário e objetos garimpados cuidadosamente dão vida e personalidade a cada recanto de charme. As obras de arte de artistas cearenses e música ambiente complementam a experiência sensorial.

Fornecedores: Bete Cunha Tapetes, Home Design, Metal Comérico, Ouvidor Interiores, Renata Colchoaria e Vidraçaria Paulista.


AUSTIN BAR por Cauê Aguiar. De arquitetura sustentável e estilo descontraído, o bar foi criado sobre terreno desnivelado que deu origem a três pavimentos e quatro ambientes. Um espelho d’água foi posicionado no nível intermediário, acompanhado de muito verde natural e um agradável lounge, que inspira relax. O espaço conta com um convidativo rooftop com banquetas e mesas bistrô, deixando o visitante bem próximo às copas das árvores. O andar intermediário foi feito com as sobras de piso e paredes do restante do lugar, evitando a produção de resíduos sólidos. O detalhe fica por conta do piso feito de cobogós que foram preenchidos com cimento.

Fornecedores: Jacaúna Decorações, Europa Garden, White Stone, Distribuidora Capixaba e Dtech.


ROOFTOP CANUTO 1000 por Rosalinda Pinheiro. Do empreendimento da Mota Machado para a Casa Cor. A arquiteta Rosalinda Pinheiro transformou seu espaço em uma réplica de uma área da cobertura do Canuto 1000, futuro lançamento da Construtora Mota Machado. Dedicado ao lazer, o espaço gourmet com terraço tem inspiração num conceito popular em New York, que explora bares e terraços dos edifícios, sempre com uma espetacular vista da cidade. Contemporâneo e sofisticado, o ambiente tira partido de materiais atuais, como Silestones e pedras nobres, que harmonizam a base neutra, com ênfase na pureza do branco. A iluminação pontua recantos especiais, enquanto o verde do jardim vertical traz vida ao espaço. Em destaque, escultura do artista cearense Sérvulo Esmeraldo.

Fornecedores: Constantino, Evidência Móveis, Spot Iluminação e Metal Comércio.


ESPAÇO MOTA MACHADO por Susana Clark. Para contar a a trajetória da Construtora Mota Machado, a arquiteta criou uma retrospectiva superdinâmica, usando recursos tecnológicos de áudio e vídeo. Suzana Clarck Fiuza explorou a fluidez e os volumes característicos dos projetos da construtora para conceber um espaço minimalista e interativo, o qual narra a trajetória de sucesso da Construtora de forma inovadora. O uso de piso e teto escuros e de uma iluminação planejada transportam o olhar para os pontos mais importantes do espaço.

Fornecedores: Singular Automação, Portobello Shop, Candela e Multipolipedras.


JARDIM DAS ÁGUAS por Thiago Borges. Com inspiração no trabalho icônico de Burle Marx, o paisagista criou um cenário sinuoso e contemplativo, formado por vários espelhos d’água e vegetação adulta e exclusiva para dar dá mais vida ao conceito. As palmeiras formam um imponente painel natural no espaço, enquanto os três níveis d’água e as cascatas conferem movimento ao ambiente. A iluminação direcionada realça formas e cores das espécies, enquanto sons de pássaros tornam a experiência relaxante. Um lounge com mobiliario aconhegante faz um convite a parar e admirar a beleza da proposta.

Fornecedores: White Stone e TSX Revestimentos.


JARDIM MOTA MACHADO por Thiago Borges. O jardim apresenta uma vegetação composta por plantas esculturais e presença de muita água, tanto nos espelhos quanto nas cascatas de bordas infinitas, que trazem a sensação de infinidade. O paisagismo contemporâneo é representado por meio de plantas como carnaúbas adulta, jasmim-manga e jasmim-adulto. A árvore Sete Copas Africana parte de dentro do espaço e atravessa o telhado, sendo um dos destaques do projeto. O olhar ainda se volta para a jardineira principal, composta por uma planta de grande porte, a Pandanus. A iluminação elaborada ressalta a beleza das espécies.


Uma suíte portátil surpeendente, marcada por tons vibrantes e muito conforto.


MOOVIE SUITES por Luiz Deusdará Arquitetura, Interiores e Paisagismo. Uma suíte portátil surpreende em meio aos jardins da CasaCor Ceará. O mix entre o contemporâneo e o rústico mostra que o conforto pode estar presente, inclusive, em ambientes menores, sem abrir mão da sofisticação. A estrutura metálica é fechada por panos de vidro para aproximar a natureza, como um verdadeiro refúgio em mata aberta, que pode ser facilmente transportado para outro lugar. No interior, o espaço é aproveitado ao máximo, com espaço suficiente para cama, armários, móvel de TV, frigobar, mesa e poltrona de apoio e banheiro. Tons em amarelo e bordô e móveis de design são destaque, imprimindo uma atmosfera moderna e jovial. O aconhego fica por conta do uso da madeira, do teto ao piso, passando por painel da TV e nichos, e da iluminação indireta. Prático, versátil e inovador, o ambiente ainda é valorizado por telas e painel floral na cabeceira da cama, além, claro, de muitos pontos de plantas naturais.

Fornecedores: Ailec, Bete Cunha Tecidos, Dtech, Europa Garden, Galpão D e Planneje Prime.


INSTALAÇÃO VERDE por Salomão Nogueira. O espaço integra o verde do entorno paisagístico original projetado por Burle Marx com a estrutura modular executada em Box Truss, sugerindo uma ambiência de galeria artística. O espaço apresenta novas possibilidades de inserção do verde na Arquitetura, trazendo enormes esferas de cestas compostas por samambaias, espécie que retorna com força. A pegada tropical se junta a uma coleção dos vasos vietnamitas em padrões baixo relevo, garantindo uma linguagem contemporânea.

Fornecedores: Jardim da Cidade, Multipolipedras e Tidelli.


UM JARDIM ENTRE CINCO IRMÃS DESPERTAR DOS SENTIDOS por Gerson Munayer. Poesia é a inspiração do paisagista Gerson Munayer, que retrata nesse ambiente uma conexão com os cinco sentidos humanos, envolvendo os visitantes numa atmosfera de relaxamento e contemplação. Sob o acolhimento de cinco árvores majestosas, um quiosque se mistura ao entorno natural da casa, inclusive, incorporando os troncos grossos ali presentes. Um verdadeiro mosaico que evoca a força dos quatro elementos da natureza pelo despertar dos cinco sentidos.

Fornecedores: Tidelli e White Stone.


O espaço dedicado às crianças não abre mão da sustentabilidade, com abastecimento por meio de painéis solares.


PRAÇA AMIGA DA CRIANÇA por Adelina Feitosa. O resgate da infância e a preocupação com o meio ambiente motivaram Adelina Feitosa na concepção desse espaço de convívio ao ar livre. O ambiente colorido e acessível estimula a criatividade das crianças, proporcionando entretenimento, sem abrir mão da consciência ecológica. Assim, a Praça Amiga da Criança proporciona o contato direto com a natureza e revitaliza hábitos infantis, como subir em árvores, enquanto os brinquedos reciclados inauguram uma nova ideia de diversão para as crianças, podendo ser incorporados, inclusive, no dia a dia em casa. Já as brincadeiras na areia colorida dão asas à liberdade e à imaginação, podendo ser retratada na parede do muro. A oca de painéis solares – que abastece o recanto com energia limpa, com assinatura da aquiteta -, barro e palha encanta os olhares curiosos dos pequenos visitantes. O lugar conta até com um petplay, o qual permite que os bichinhos também participem do convívio infantil. Uma cabana ainda é destinada ao banheiro infantil e ao fraldário.


ESPAÇO DECA LAVABOS PÚBLICOS por Raquel Chaib. Referências aos quatro elementos da natureza são incorporados neste espaço público que visa suprir as necessidades de todos os perfis de visitantes com o máximo de funcionalidade. Assim, terra, fogo, água e ar são associados aos materiais utilizados no projeto. Os vidros e espelhos representam o elemento ar, trazendo leveza e transparência para que o visual externo possa ser contemplado. O granito Platino e quartzito Galax, utilizados na entrada e nos cobogós de cerâmica no formato de pipa, além da base em concreto, remetam à terra. Já o fogo é representado no tom dos metais, louças em Gold Matte, puxadores e luminárias. Por fim, a água circula nas torneiras, sendo também referenciada pela coberta de madeira com ondulação, lembrando as ondas do mar, dialogando a com bancada de pedras naturais e cubas facetadas. O colorido das portas e quadros ainda garante personalidade, num jogo superdivertido de contrastes.

Fornecedores: Europa Garden, Multiformas, White Stone, Vidraçaria Paulista e Royalle Home Design.


PRAÇA BURLE MARX por Antônio Carlos Campelo Costa, Joaquim Cartaxo Filho e Romeu Duarte Junior. Uma praça e jardins com pavimentação em piso intertravado, com peças em concreto originais do jardim da casa (como bancos, tamboretes e suportes), que compõem com o colorido mobiliário de linhas simples. Esta praça é uma homenagem ao paisagista brasileiro Roberto Burle Marx, criador do paisagismo do imóvel. O espaço também é dotado de um palco para apresentações musicais e iluminação de realce, com spots, refletores e luminárias industriais implantadas nas bordas internas das jardineiras em socalcos curvos, inspirada nas linhas utilizadas pelo artista.


CALÇADA LUZ E ARTE por Leonardo Freire. A fachada é o primeiro ambiente que qualquer visitante transpassa, sendo um verdadeiro cartão de visita da casa. Com 100 metros de largura, o espaço surge com uma iluminação própria com o intuito de surpreender, mesmo de longe. Para dar espaço aos pedestres, estimular a mobilidade urbana e proporcionar uma integração entre a casa e o entorno, o light design Leonardo Freire criou uma espécie de túnel com iluminação azul neon que convida os transeuntes a passarem pela instalação de ar futurista.

Fornecedores: Everlight e Artplac.


PAVILHÃO DA GARAGEM por André Monte. A arquitetura da década de 1950 e 1960 é referenciada em cada detalhe deste ambiente, aproveitando a estrutura da própria casa. Os jardins são pano de fundo e se integram ao décor por meio de cortinas de vidros. O efeito luxuoso é garantido com o uso de materiais nobres, inspirados no trabalho do fotógrafo Julius Shulman, que registrava os projetos arquitetônicos de casas californianas. A alusão até pode ser americana, mas o mobiliário fica por conta de uma assinatura genuinamente brasileira, trazendo palhinha, padronagem espinha de peixe e formas curvilíneas, numa pegada retrô apaixonante. A circulação pelo espaço é guiada pelo projeto de iluminação, cores e texturas de pedras naturais, que se harmonizam e envolvem o visitante numa viagem ao universo masculino de forma sutil e inovadora.

Fornecedores: Galpão D, Agatek, Bete Cunha Tapetes, Candela, Multipolipedras e Portobello Shop.


O espaço que dá as boas-vindas aos visitantes, antecipa o clima de casa viva, sem abrir mão da sofisticação.


LOUNGE DE ENTRADA E BILHETERIA por Amaury Júnior. O convidativo espaço cumpre o papel de dar boas-vindas a todos os visitantes desta edição da CasaCor. O amplo ambiente promove a integração ao belo jardim anexo com duas vistas por meio de paredes de vidro. A composição proporciona um belo impacto visual na fachada de textura rústica e painel madeirado em padrão 3D formando a entrada. A fonte interna em pedra promove movimento e uma sensação de relaxamento. A bancada da recepção em ônix retroiluminado em desenho irregular compõe com o jogo geométrico do teto produzidos a partir de ripas de sobras de MDF, trazendo um efeito moderno e personalizado ao espaço.

Fornecedores: Modullos Home Art, Blindstore, Multiformas, TSX Revestimentos, Casa Bonita e Casa Milà.


0
Total Page Visits: 571 - Today Page Visits: 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *