A arte de Impressionar

POR VANDO FIGUEIRÊDO

Cearense da terra do sol, Vando Figueirêdo iniciou sua carreira em 1988. Mas foi ao respirar ares cubanos, através de um curso ministrado pelo mestre Raul de La Nuez no Instituto Superior de Arte de Havana, que seus desenhos e pinturas passaram a encantar o mundo. Desenhista, pintor, gravurista e escultor e professor de artes, partilha seu dom com alunos, sejam eles crianças ou adultos. Suas obras passeiam e embelezam acervos públicos e privados em várias partes do mundo. Nos 24 anos de arte, sua carreira abrange mais de uma centena de exposições no Brasil e no exterior. Numa constante inquietude, Vando procura sempre novos meios para se expressar. Seja por experimentos ou por pesquisas com novos materiais. E foi em 2010, que uma nova maneira de pintar o conquistou, com uma série de colagens feita à mão. Já são 20 quadros. Sua matéria prima para colorir e matizar as obras são milhares de picotes de papéis de revistas variadas. A tinta, sua companheira inseparável, é usada aqui apenas para firmar o trabalho. Influências pós-impressionistas e cubistas são percebidas nesta atual produção, onde os motivos e temas são conseguidos por meio de colagens sobre telas e painéis de madeira. O título, Diamantes, foi escolha da filha Christiane e caiu como uma luva devido ao seu resultado, que se assemelha a cristais ou formas cubistas, inicialmente já presente nos quadros do mestre francês Paul Cezanne e posteriormente no próprio cubismo de Picasso. Sem mencionar ainda a grande luz obtida pela superposição de cores, também comuns nos trabalhos realizados no século XIX pelos impressionistas. Como nos trabalhos desses pintores, a leitura dos quadros da série Diamantes só é possível de ser visualizada confortavelmente e com uma boa exatidão a uma certa distância. Pois o que vemos inicialmente, quando estamos mais perto, é apenas um aglomerado abstrato de imagens e textos desconexos, mas ao distanciarmos, vemos nitidamente o motivo apresentado na obra. Algumas dessas maravilhosas e criativas obras de arte podem ser conferidas na CasaCor Ceará 2012. É ver e se surpreender!

Tributo ao pintor holandês Johannes Vermeer com a obra “Moça com brinco de pérola” e o aviador Santos Dumont. Também, Dama com arminho, Monalisa, homenagem aos 100 anos de Luis Gonzaga, o pintor holandês Van Gogh e um tributo ao artista com a obra “Comedores de batata”.

0
Total Page Visits: 180 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *