CasaCor Ceará 2012

A CasaCor Ceará 2012 integra as comemorações bilaterais do ano Brasil – Portugal com ambientes que remetem à cultura portuguesa e sua presença no estado. Aqui, moda, estilo, arquitetura e tecnologia interagem entre si em espaços de vanguarda.

FACHADA DA CASA. A moda foi a grande fonte de inspiração de Rosalinda Pinheiro. O uso do combogó com aspecto rendado veste toda fachada, trazendo harmonia e uniformidade. A cor branca e a iluminação interna, entre a parede e a fachada, transforma o ambiente em uma grande luminária, pontencializando o efeito do rendilhado. Os premoldados foram criados a partir da logomarca da Casa Cor. Um efeito simples e surpreendente.


O bom design nacional se alia ao italiano para compor um ambiente cosmopolita onde a simplicidade e o conforto falam mais alto.


LIVING. Abordando o jeito cearense de morar, Carlos Otávio alia conforto e simplicidade para abrir a casa com um despojado espaço de estar. E para criar um cenário ideal em meio ao clima ensolarado do Nordeste, o profissional trabalha uma essência sofisticada com materiais leves e aproveita a boa safra de designers brasileiros com peças de Sergio Rodrigues, Eduardo Prado, Jader Almeida, Estúdio Nada se Leva, Jaqueline Terpins, Pedro Petry e Flávio de Carvalho para povoar o ambiente com alma nacional. Influenciado pela casa original, uma construção dos anos 70, o profissional trabalhou com móveis soltos (Lespec e Galpão D), madeiras ecológicas nas paredes e painéis artísticos de pedra (Ailec) em homenagem ao grande Niemeyer. Mas o Brasil nasceu da grande influência de culturas, não podendo faltar o bom design italiano, que marca presença com uma poltrona ícone e iluminação contemporânea (Candela). “O espaço de morar é onde queremos receber quem amamos e sermos felizes”, finaliza.

HOME CINEMA. As arquitetas Inês Cavalcante e Mônica Albuquerque surpreendem com este ambiente criado para momentos de convivência entre amigos e familiares. A essência sofisticada se alia ao conforto em espaços integrados, que recebem um moderno mobiliário (Galpão D), revestimento em couro (FF Casa) e espelhos (LPM by Santelmo) utilizados de forma harmônica para proporcionar um clima de puro aconchego. Baseado no bem-estar, o projeto traz ainda um charmoso open bar com aparador (Montaggi Móveis), mesas redondas com poltronas giratórias, além de um tablado de madeira com futon e almofadas. A iluminação (Candela) cria várias cenas de acordo com o uso do espaço.

SALA DE JANTAR. Dito Machado segue a linha clássica com toques de romantismo para criar um ambiente luxuoso. Nesta versão revisitada, a arquitetura do espaço foi valorizada pelas volumetrias em drywall com iluminação de leds. Os móveis de estilo inglês e as peças do acervo particular do profissional, como bronze faianças, mármores, pratarias, cristais e obras de arte são realçados por uma iluminação pontual. Destaque para os dois lustres de cristal pendentes sobre a elegante mesa de jantar com base em cerâmica pintada. Para finalizar, o tapete Aubusson (Bete Cunha), de origem francesa, dá o toque de realeza.


Situada no coração da Aldeota, em plena Praça Portugal, a Casa Cor Ceará 2012 homenageia as relações culturais entre Portugal e o Ceará. Os ambientes prestam homenagens ao país lusitano com azulejos, cores e louças através da criatividade de arquitetos, designers de interiores e artistas plásticos. Ainda aproveitando as comemorações do ano de Brasil-Portugual, também foi reservado um espaço para a gastronomia portuguesa, com sua miríade de sabores mediterrâneos. Com 3.200m² de terreno, a sede desse ano já foi residência da família Fujita, com projeto original do escritório Nasser Hissa Arquitetos. Como de costume, a preocupação com a acessibilidade e a sustentabilidade está cada vez mais presente nos 40 ambientes assinados por 56 profissionais, que antecipam as tendências em arquitetura, decoração e paisagismo. E nesta edição, o conceito do tema – “Moda, estilo e tecnologia” – chega a um novo momento, interagindo entre si para trazer propostas de vanguarda para os espaços. Afinal as estampas, materiais, elementos, texturas e cores que servem de referência para os estilistas, estão sendo rapidamente absorvidos e ganham novas interpretações nos projetos de arquitetura. A união do mundo fashion ao mundo da decoração também está presente na ‘Praça Hora do Brasil’ com exposição de Jun Nakao, em parceria com SENAC e o ‘Ateliê Criativo’, com participação do SEBRAE. E como não podia faltar, três grandes nomes do Estado ganham suas devidas homenagens. É a vez do empresário Everardo Telles, presidente do grupo Ypióca; do estilista Lino Villaventura e do humorista, pintor, escritor e ator Chico Anysio, que recebe homenagem especial no ambiente “Studio do Chico”. Confira, então, nas páginas a seguir, as novidades do setor em móveis, objetos, revestimentos, iluminação e design, em projetos de tirar o fôlego, assinados por renomados arquitetos, na versão cearense do maior evento de arquitetura e decoração das Américas e o segundo do mundo, que mesmo grandioso, não perde de vista nossas raízes, tradições e belezas.


SALA DE LEITURA E HOME STUDIO. Um dos mais intrigantes estilistas de vanguarda do mundo atual, Hussein Chalayan, foi a fonte de inspiração deste ambiente de 45m² da dupla Inês Sobreira e Ricardo Braga. Dividido em uma sala de leitura que se integra ao Home Studio, o universo ousado do estilista, com tecidos metalizados (LM Decorações de Interiores), desenhos geométricos, luzes e cores é percebido em cada detalhe deste espaço cultural de convívio e integração para a família em total sintonia com a vida contemporânea. Para se tornar um espaço atraente, um móvel automatizado (Habitat), que ao ser deslocado, revela o estúdio de música pronto para ser usufruído. A preocupação ambiental é um dos grandes diferenciais deste projeto. Por isso, o mobiliário fixo foi todo executado em MDF da Eucatex (Mill Móveis), os painéis de vidro temperado foram reaproveitados e o piso em limestone (Multipolipedras) foi assentado de forma a ser reutilizado posteriormente. Móveis ultra confortáveis (Galpão D), a luxuosa luminária (Candela) e adornos (Spazio) de várias partes do mundo completam o ambiente.

ADEGA. Na inspiração de Brenda Rolim, a adega passa a ser um gostoso espaço para reunir os amigos e jogar conversa fora. As linhas puras, a volumetria do mobiliário, as texturas em alto brilho, molduras e os espelhos refletem a essência vanguardista do projeto. Para deixar o cenário mais dramático e sofisticado, a arquiteta optou pela combinação dos tons de cinza, preto e vermelho. Destaque para o piso em caixas de vidro, que serve para guardar as muitas cortiças das garrafas de vinhos utilizadas. A iluminação pontual (Candela) acentua o clima intimista do espaço. Um charme!

SALA DE ALMOÇO DA FAMÍLIA. Receber bem os amigos e celebrar a vida em torno de uma boa mesa. Esta é a concepção do ambiente criado por Sergei de Castro, decorado com o melhor do estilo rústico. A mesa de banquete em madeira maciça, cadeiras em fibra natural acolchoadas com tecidos lisos e florais, o tapete handmade (Adroaldo Tapetes do Mundo) e obras de arte se aliam a elementos contemporâneos, como o aparador em laca branca, dando um toque especial ao espaço. Para tornar o ambiente mais cheio de bossa, Sergei brinca com as cores, combinando o azul e o rosa de forma harmoniosa. A iluminação valoriza cada detalhe, deixando a sala de almoço com um o clima reservado e aconchegante.

LAVABO DA CASA. Eugênio Mendonça criou um lavabo contemporâneo, ousado e acolhedor, em tons de azul, preto e cinza. O espaço segue a linha simples e sofisticada, priorizando em seu traçado os volumes, cores e texturas. Com apelo estético apurado, orientado pelos revestimentos em madeira, pastilhas de vidro e concreto em contraponto com a obra de arte do artista plástico José Guedes, aplicada sobre painel de cor azul, que oferece ao visitante a possibilidade de visualizar – numa área de uso específico – mais que a função a que se destina. Também foi reservado um recanto para leitura com cadeira e mesa de apoio (Ouvidor Interiores). A iluminação (Candela) é responsável pelo clima intimista e envolvente do espaço.

FAMILY ROOM COM JOGOS. A arquiteta Clariane Aguiar partiu da ideia de valorizar a convivência da família com espaços para jogos e conversas informais. A mistura de estilos e as cores sóbrias e elegantes deram um toque todo especial ao ambiente. Conforto e descontração são palavras de ordem do mobiliário (Galpão D), enquanto a iluminação se encarrega de dar o tom intimista. Destaque para o painel revestido em couro dourado (FF Casa) e para o pergolado de madeira, que serve como divisória.

CIRCULAÇÃO DOS QUARTOS. Edimara Carvalho e Verônica Martinez criaram um contexto contemporâneo e sofisticado, contrastando harmonicamente as cores frias com o vibrante laranja. Por ser um espaço de circulação, as profissionais resolveram surpreender com um efeito visual de impacto, usando uma composição de painéis que se destaca pela iluminação indireta e direta nas placas 3D. O pendente, os quadros, adornos e o tapete Revolution em pied di pulie (Adroaldo Tapetes do Mundo) arrematam o espaço.


A antigo e o novo em uma leitura contemporânea e refinada do estilo francês


SUÍTE DO RAPAZ. Neste ambiente très chic! da dupla Marcelus Caracas e Odete Aragão, a mistura do antigo com o novo vem com uma leitura refinada pontuada com elementos atuais de design. A cor azul petróleo predomina em todo ambiente, tanto nas paredes revestidas com boiseries – moldura em relevo típica das decorações francesas do século XVII – , como no vidro que reveste as paredes e nichos do lavabo. O preto entra em cena, no móvel em laca preta (Galpão D), nas persianas Country Wood e no papel de parede (Bete Cunha Interiores), trazendo mais requinte ao ambiente. E para aquecer, a cor laranja é convocada para revestir a cabeceira da cama (Renata Colchoaria), em veludo e pau ferro e nos painéis de perobinha (Rádica), que vestem as paredes. Destaque para a iluminação (Candela) com o lustre Plume da Baccarat, arandelas Floggio da Flos e automação Habitat. Os elegantes adornos (Empório Choça) e obras de arte da Galeria de Arte Danielle Araújo completam a requintada composição.

SUÍTE DA FILHA BLOGUEIRA DE MODA. Uma jovem conectada no mundo da tecnologia e da moda. Marçal Barros criou o ambiente ideal para que a blogueira pudesse ter à disposição suas inspirações, livros, filmes e internet, sem deixar de lado o espaço para o relaxamento e contemplação. O ambiente de 25m2 foi dividido em áreas distintas para dormir e ver TV, trabalho e banheiro com closet e jardim. O preto e o branco, usados em demasia, servem de moldura aos objetos coloridos e divertidos (Desconexo, Empório Choça e Idée). No banheiro, a predominância do preto e do branco continua, não só no revestimento (Granos/RL Mármores e Granitos) como no “jardim de luzes” com a parede revestida de mosaico pedras. Toda a iluminação (Candela) foi pensada e tecnicamente estudada para se obter tanto conforto visual como destaque de peças, como a exótica luminária Poppy de Ingo Maurrer que dá as boas-vindas ao visitante. O papel de parede (Bete Cunha Interiores) foi escolhido especialmente, assim como o linho colorido utilizado na parede e no reposteiro da cortina, para essa moça extremamente urbana, trazendo um ar mais exclusivo.


Ares pop para uma moradora antenada com o mundo da moda.


SUÍTE DO BEBÊ. Inspirada na região francesa de Provence, a arquiteta Liana Santana apresenta uma delicada suíte do bebê. Pensada de maneira cuidadosa, cada cantinho dos 25m² retrata o romantismo de estilo provençal e o momento mágico que são os primeiros anos de uma criança. O projeto valoriza o trabalho artesanal, com tecidos delicados, cores em tons pastéis – como no belo papel de parede (Bete Cunha Interiores) -, móveis entalhados artesanalmente (Carpe Diem) e com pintura especial.


Volumetria, grafismo, peças softs e cores neutras se aliam numa linguagem jovem e atual.


QUARTO DO CASAL. Atemporalidade, praticidade e conforto são as características deste espaço projetado por Rodrigo Maia, que não perdeu de vista o aconchego e a beleza do design. Com um pé direito de 2,85m², o quarto tem como base o rico trabalho de alvenaria na parede da cama. Revestida com placas de Casttelato na cor branca, recebe iluminação indireta (Candela) para realçar os relevos e espelhos (Vidraçaria Paulista) estratégicos, que duplicam o efeito do revestimento. As demais alvenarias e forro são pintados de cinza (Suvinil). No piso, carpete e tapete (Bete Cunha) completam a sofisticação. E para estar em sintonia com um dos temas do evento deste ano – a moda -, tecidos assinados por grandes estilistas como a Missoni e Christian Lacroix (Ouvidor Tecidos) se aliam a peças assinadas por Patrícia Urquiola e Sérgio Rodrigues (Ouvidor Interiores). A estante da Adresse em laca alto brilho dialoga com a marcenaria em MDF revestida em rádica natural, num harmonioso contraponto. Um ambiente atemporal e adequado para um casal de qualquer idade.

CLOSET E BANHEIRO DO CASAL. Neste espaço feito por Luce Galvão, tudo se comunica, para reforçar a ideia de que o banheiro, área mais íntima da casa, há tempos deixou de ser confinada entre paredes. Aqui, os elementos ganham novas funções, como a bancada que vira divisória, o box deslizante que é também decorativo e as paredes que são esculturas em pedras. Um revestimento vinílico imprime o rosto da cidade urbana refletida através da fachada de um edifício clicado pela arquiteta. Em outra parede a homenagem ao Rei do Baião está no exclusivo papel de parede e na tela de Vando Figueredo. Os tons de bege nos armários e os espelhos bronze dão o tom aconchegante. A tecnologia está presente na TV que desce do teto, na iluminação (Paroma) ajustada e no som direcionado para um banho irrecusável na deliciosa banheira.

ESTAR ÍNTIMO DO CASAL. A proposta de Rachell Aguiar é transmitir a sensação de um estar íntimo completo, em que um casal moderno possa curtir todos os seus interesses. Assim, música, arte, design e cinema têm lugar garantido no generoso sofá (Galpão D). A estante (S.C.A.) tem a proporção ideal para armazenar livros e objetos de decoração (Empório Choça e Spazio). O espaço foi dividido em dois ambientes, sendo uma breve copa e o amplo estar íntimo. Cores e texturas diferenciadas foram cuidadosamente definidas a fim de despertar os sentidos, como o estoteante mármore slimstone (Ailec) com iluminação interna e o confortável tapete (Adroaldo Tapetes do Mundo). A iluminação (Paroma) é destaque e confere um ar moderno e intimista.

COZINHA E LAVANDERIA. Seguindo o estilo descontraído e cheio de energia, o trio José Queiroz, Eduardo Mourão e Pedro Mamede, da Project Arquitetura, apresenta um ambiente “cool”, “hitech” e funcional para todas as idades! Com características de um “loft inglês”, a iluminação pontual, bases neutras com tons de cinza e o chocante amarelo fazem a mescla de moderno, “rústico” e antigo, com materiais nobres e acabamentos de alto padrão. Estilo e tecnologia estão presentes no mobiliário fixo (Marcato), com sistemas que incluem abertura automática de gavetas e portas com sensores elétricos. Mas o grande destaque é a bancada da ilha gourmet com vidro temperado amarelo que possui tratamento em ácido para evitar arranhões e resistir mais ao calor, fazendo um interessante contraponto com a mesa de madeira bruta. Bom apetite!

ESCRITÓRIO URBANO. Para um jovem e sofisticado casal, um escritório residencial com muito estilo e personalidade nos detalhes e nas obras de arte de artistas cearenses, que enobrecem e aquecem o espaço. Aqui, a pedra ardósia no piso emoldura peças de design como a escrivaninha Bossa da designer Alessandra Delgado (Galpão D), o banco Off Cut, de Tom Dixon (Ouvidor Interiores). No espelho d’água, uma projeção com carpas japonesas deixa o escritório descolado e lúdico. A cor Verde Maragogi, pensada por Érico Monteiro e aplicada nas paredes traz a tendência das “candy colors” para a decoração. A abertura horizontal na parede de fundos do ambiente proporciona a vista do céu de Fortaleza, que pode ser contemplado confortavelmente da cadeira Cloudscape da Diesel para a Moroso (Desconexo).

GARAGEM. A arquiteta Paola Souza buscou despertar sensações para este espaço desprestigiado da casa, tornando-o convidativo e requintado, sem perder o caráter funcional. Agregada a ideia de sofisticação do carro, o piso em preto recebe dois tipos de textura, polido e couro. Já o mobiliário (Galpão D) com ar despojado e o tapete de retalhos em couro (Adroado Tapetes do Mundo) trazem a ideia de que tudo se aproveita. O papel de parede com textura de pedra, traz uma sensação de caverna, dando um toque intimista e aconchegante, enquanto o papel 3D em azul, nos remete à modernidade e ao avanço tecnológico que o carro nos pede. Os espelhos no teto permitem ao visitante a sensação de poder observar por todos os ângulos. Por fim, o grande e criativo painel ilustrado representa um pouco da rotina caótica da vida urbana em que vivemos. A iluminação (Paroma) pontual intensifica cada detalhe.


“ A varanda do bem-estar foi pensada pelo arquiteto com muito carinho como forma de gratidão à vida”


VARANDA DO BEM-ESTAR. Um ambiente para relaxar e ser feliz. Os delicados tons de azul, o aconchego do piso de madeira (Arte Piso), o cheirinho calmante de jasmim, os livros de poemas espalhados e empilhados por toda parte e a música ambiente orquestrada fazem dessa varanda um espaço de relaxamento, introspecção, leitura e criação. Aqui, o clima de manhã ensolarada com uma revoada de borboletas faz a vida passar lentamente e o dia se arrastar tranquilo, instigando o morador a renovar conceitos, ideias, projetos e, principalmente, renovar a casa e seus ares. A sensação primaveril trazida por Roberto Pamplona Jr. chega com tudo, podendo ser percebidas as infinitas manifestações da natureza presente em cada detalhe. Um elogio à vida!


O espaço reverencia o universo da arte, cultura e moda


STUDIO DO CRIADOR DE MODA. Inspirado nos grandes estilistas do século XX, o contemporâneo estúdio de 42m² apresenta um misto de morada e local de trabalho, contemplado em espaços como sala de estar, espaço gourmet, local de trabalho e banheiro. O uso de materiais inusitados – ora rústicos, ora sofisticados -, texturas e cores permitem composições criativas de estilo. Mármores exóticos, pastilhados em madeira, superfícies metalizadas, tecidos nobres (Bete Cunha Interiores) e mobiliário de design exclusivo (Spazio) fazem parte deste espaço livre de modismos, que expressa a liberdade de criação de André Monte. A iluminação pontual (Candela) e a tecnologia (Hometech Premium) apresentam cenas para os diversos espaços, estimulando os sentidos dos visitantes.

LOUNGE PRIME. O espaço projetado pela dupla de arquitetos Marcus Novais e Lucas Novais é um generoso lounge que tem como características principais a integração com a natureza, proporcionada pelas grandes aberturas de vidro e a generosa parede revestida de samambaias. As linhas ortogonais de sua arquitetura limpa e minimalista se contrastam com a natureza exuberante nas suas formas orgânicas, ao mesmo tempo que se confundem pela utilização de materiais naturais, como madeira (Madeireira Escala), pedra e água. A ambientação valoriza o bom design, do mobiliário até os tapetes (Bete Cunha), passando pelas persianas, papéis de parede (Ouvidor Interiores), luminárias e adornos. Tudo destacado por uma cálida iluminação (Candela). O resultado é um espaço que alia, ao mesmo tempo, uma arquitetura imponente e convidativa, criando um ambiente diferenciado e confortável para se sentir sempre em casa, que prioriza a convivência, o conforto e bem-estar das pessoas.

RESTAURANTE. O projeto de Neide Barbosa e Denise Bessa prioriza o bem-estar. O uso da madeira, no piso e na parede, foi preponderante para tornar o ambiente intimista e aconchegante. A iluminação pontual e discreta (Paroma) confirma o conceito acolhedor, complementada pela automação (Habitat). O regionalismo está presente no uso de matérias-primas com o couro e o barro, aplicados nos adornos e nas cores, como os tons terrosos do sertão nordestino.

MIRANTE VERDES MARES. Cláudio Silveira se inspirou nos verdes mares do Caribe e nos mirantes de hotéis para criar este espaço. O teto ganha destaque com o trabalho artesanal em formato de mosaico português, feito com madeira de reflorestamento. O azul, que remete ao clima náutico da moda, marca presença nos tecidos dos futons e em objetos pontuais.


Uma arquitetura aberta à natureza


LOUNGE GOURMET. A integração com a natureza foi o ponto de partida deste projeto da dupla César Fiuza e César Fiuza Neto. Assim, os muros das laterais foram soltos para aproveitar a ventilação e luz natural. Também pensando em criar uma identidade única ao ambiente e atrair os visitantes desde o lado externo, a fachada foi projetada por chapas perfuradas pintadas de branco, que remetem a uma estampa exclusiva e contemporânea. E ao adentrar no lounge, um espaço moderno e sofisticado, caracterizado pelas cores vermelhas e pretas nos móveis (New Móveis Planejados) da cozinha. O aconchego e a sensação de bem-estar ficam por conta da madeira in natura e da cálida iluminação (Candela). Um lugar perfeito para usufruir as delícias do chef!

REVISTARIA. Uma banca de revista conceitual com uma decoração minimalista, que ressalta a importância do produto exposto. A arquiteta Ana Virgínia Furlani tomou como referência elementos comuns às bancas tradicionais aliados a peças de design contemporâneo, com predominância da arte, expressa na literatura e na fotografia. Destaque para os pufes e o bar Iceberg, que serve como balcão de vendas.

CAFÉ COM CULTURA. O cafezinho.com, assinado por Lígia Silveira, está ligado a conceitos e propostas traduzidos por nossa brasilidade. Com madeira in natura, cores vibrantes e tecidos estampados, ele traduz o jeito alegre e descontraído de nossa gente.

LOFT DA PRAIA. Maria José Lopes e Ricardo Accioly se inspiraram no clima praiano, bastante procurado e atual, para o projeto de arquitetura e ambientação deste loft. Com aproximadamente 120m² de área construída, o espaço contempla, de forma totalmente integrada, living, home cinema, cozinha gourmet, quarto de casal e uma gostosa varanda com vista aberta ao horizonte. O generoso pé direito recebe delicadas cortinas (Amazonas Decorações) e é destacado pelo colorido das obras de arte em contraponto à neutralidade do mobiliário (Galpão D) e do tapete (Adroaldo Tapetes do Mundo). Para acentuar a leveza dos espaço, a escada – que leva ao piso superior – ganha guarda-corpo em vidro e aço (Grupo LPM). A suíte traz uma proposta limpa, funcional e aconchegante com bancada que integra TV e lavatório. Mas o charme extra fica por conta da varanda gourmet em madeira, que proporciona momentos de relax e contemplação ao casal. Com o término da Casa Cor, o loft será reconstruído e ampliado no empreendimento Aquiraz Reviera.


A iluminação de efeito com 30 bolas de luz cria cenas impactantes


ATRIUM DA LUZ. Nos áureos tempos do império romano, o Atrium (ou Átrio) era a entrada principal de uma tradicional residência. E era em torno dele que se desenvolviam os outros cômodos da casa. Construído com todo o esplendor, o atrium fornecia a luz necessária às divisões que o circundavam. Seguindo as características, o arquiteto Érico Monteiro desenvolveu este espaço com efeitos luminotécnicos impactantes onde 30 bolas de luz (Montena Lighting) fazem a iluminação indireta e lúdica do painel cerâmico criado pelo artista plástico Rian Fontenele. Os lustres pendentes de cristal dialogam com o espelho neoclássico, proporcionando requinte ao espaço, fazendo um belo contraponto às cabaças gigantes, que imprimem um toque regional. As variações de madeira aplicadas no piso (Madeireira Escala) e no banco aquecem e aconchegam o ambiente ricamente decorado com mosaicos, pinturas e afrescos.

LOUNGE DE SAÍDA. Marcus Novais e Andréa Verçosa criaram um espaço corporativo, de natureza contemporânea, destacado pela utilização de materiais que refletem sofisticação. Cores sóbrias, texturas, espelhos pintados (Vidraçaria Paulista), papéis de parede diferenciados e tapetes (Bete Cunha) complementam a atmosfera requintada.

STUDIO DO CHICO. O espaço contempla todas as vertentes artísticas do grande mestre Chico Anísio. Renata Targino integra o rústico e o moderno – como linhas retas e lacas brilhantes em contraponto ao concreto e à madeira Maribo – num equilibrado jogo de contrastes.


Cores modernas, linhas retas e caixas de vidro expõem os produtos de alta tecnologia com modernidade e leveza na loja hitech.


LOJA HITECH. Uma loja de produtos de alta tecnologia mas com inspiração em um a sala de TV. Essa foi a ideia principal do projeto assinado pelo arquiteto Amaury Junyor para a Dtech (Loja de aparelhos de alta tecnologia). O espaço de 16m­­2 tem o branco como base pontuado pelo elegante preto – utilizado no papel de parede e no tapete – e pelo vibrante laranja, que traz vivacidade e alegria ao espaço. O arquiteto explorou as linhas puras e um jogo de vidros com medidas diferentes, trazendo volumetria e leveza, além de um espelho de fundo para dar mais amplitude ao espaço. O uso de caixas de vidro como estantes deixa os produtos aparentes e sempre à mão, além de trazer modernidade ao local, que foi projetado para ser um showroom de produtos de última geração em tecnologia para ambientes comerciais e residenciais.

JARDIM DE ENTRADA. O espaço de Érika Martins e Ana Moreno também traz a concepção de um quartinho de jardinagem e ferramentas. Elementos rústicos, como madeira in natura e de demolição, ferro e fibras naturais dialogam de forma descontraída. O amarelo e o azul se unem ao verde das plantas, deixando o ambiente mais cheio de energia. Destaque para o painel com várias ferramentas.

PRAÇA DA HORA. A praça foi planejada para receber a coleção de Jum Nakao, tendo como tema central as riquezas do nordeste, produzida com elementos regionais. Renata Isis, Yves Crest e Thierry Caussade elaboraram um cuidadoso paisagismo que se harmoniza com as tipologias e saberes locais da coleção, criando um espaço único e diferenciado. Os diversos recantos do jardim estão interligados por um deque de madeira certificada e cada canto em seu entorno recebe espécies nobres de plantas. Um lugar de contemplação e integração das pessoas.

LAVABOS SOCIAIS FEMININO E MASCULINO. O espaço do lavabo foi projetado para apresentar um ar despojado com diversos modelos de molduras com espelhos logo na entrada. Aplicadas por boa parte das paredes estão pastilhas que valorizam e dão destaque às plantas e aos detalhes da decoração do ambiente. A iluminação (Paroma) revela as escolhas do projeto das arquitetas, Naiana Pontes e Juliana Martins, criando um clima intimista. Os sanitários e as pias foram concebidos com o intuito de dar liberdade, priorizando o espaço para circulação. Uma experiência sensorial.

LARGO DA CIDADE. Salomão Nogueira apresenta um espaço com linhas orgânicas e dois tipos de jardins. O jardim vertical é composto por três totens em formato de tubos redondos e uma parede vertical com mini petúnias. O jardim horizontal possui espécies como cicas, grama e palmeiras e um lago com carpas. O piso com formato geométrico sugere uma composição floral abstrata. As esculturas, retratado os guardiões da paisagem, são obras do artista plástico Ascal.

PASSEIO DAS ARTES. Alex Sá, Albaniza Cunha e Emília Porto criaram um espaço a céu aberto para homenagear Portugal, em seu ano de confraternização com o Brasil. Vários artistas plásticos apresentaram obras pintadas de vermelho, cor predominante na bandeira lusitana, e um grande painel de 4X3m com uma forma cubista retrata a tradicional figura do Galo de Barcelos de uma forma estilizada. O verde do paisagismo, dos vasos de plantas naturais e até dos spots de luz (Ideia Home Design) completam as cores daquele país.

ATELIER CRIATIVO – SEBRAE. Sendo a moda tema central desta edição da Casa Cor, o dinâmico ambiente assinado pela arquiteta Ione Fiuza abrigará diversas ações de Moda e Design promovidas pelo SEBRAE Ceará. A programação especial inclui encontros e oficinas com foco na economia criativa, destacamos a exposição Ceará Mãos de Fada, uma homenagem ao estilista e arquiteto Mark Greiner, que atua em diversos segmentos da moda do nosso estado. Um espaço dinâmico de construção modular (estrutura metálica), pré-fabricado com tecnologia importada de aplicação versátil pela velocidade de execução e qualidade, gerando excelentes resultados arquitetônicos.

BILHETERIA FORTALEZA 286 ANOS. Nossa poesia tem o vermelho dos fogos e do urucum. Tem a vitalidade da luz”. Neste projeto para a bilheteria, a dupla Laura Rios e Liana Feingold homenageia a força de nossa cidade nos seus 286 anos, seus artistas e seus artífices. Uma experiência visual, estimulante e sensorial com esculturas em ferro Emília porto e luminárias Marcelo Santiago. Tudo destacado por uma iluminação surpreendente.

FACHADA EXTERNA. Novamente para homenagear o ano de Portugal no Brasil, o projeto da fachada executado por Pedro Esdras faz referência aos tradicionais azulejos portugueses. O produto é contemporâneo – fabricado com tecnologia moderna – e aplicado em todo o entorno do muro em colunas de 5 metros de distância cada, trazendo um intercolúnio regular e esbelto. As cores utilizadas, o branco e o azul suave lusitano, transmitem tranquilidade, de modo que o impacto se dá pela escala das colunas.

0
Total Page Visits: 379 - Today Page Visits: 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *