Cadeira Windsor

Da Inglaterra para o mundo, a clássica poltrona se renova sem perder a essência original.

A reinterpretação de Jader Almeida para a SOLLOS da cadeira Windsor.

Técnicas de produção inovadoras, um desenho atemporal, prioridade ao conforto e a beleza do artesanal nos detalhes. Essa é a fórmula de um dos clássicos mais duradouros e reverenciados do universo do design. Apesar de o nome remeter a uma região da Inglaterra, acreditava-se que, na verdade, a cadeira Windsor foi originalmente criada no condado de Buckinghamshire no começo do século XVIII. Na década de 1720, o modelo foi levado para os EUA, onde se consolidou como um dos símbolos do mobiliário americano. As características mais marcantes no desenho são as finas peças de madeira que formam o espaldar curvo e o fato dos pés ficarem encaixados no assento, novidades para a marcenaria da época. Além disso, os bancos eram esculpidos à mão para ganhar uma curvatura de cela e proporcionar mais conforto. Feita tradicionalmente em madeira natural, o móvel foi ganhando novas opções de materiais e acabamentos com o passar do tempo, sendo constantemente reinventada e adaptada aos mais diversos estilos, sem perder seu conceito original.


VERSÕES ATUALIZADAS

Assinada pelo ícone finlandês Ilmari Tapiovaara, a poltrona Mademoiselle, da Artek, carrega a essência do modernismo nórdico.

0
Total Page Visits: 425 - Today Page Visits: 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *