Milão 2013

O Salão do Móvel de Milão revela uma indústria local que dá sinais de recuperação, oferecendo um design-arte mais vigoroso que volta para as mãos dos artesãos. A tendência é valorizar objetos criativos, curvas elegantes, as cores fortes e a madeira – esta, protagonista da 52ª edição do evento. É a vez dos materiais mais baratos e naturais, sem ostentação. Confira o melhor da mostra em nossa seleção.

A poltrona Quartz foi projetada pela CTRL ZAK e Davide Barzaghi, para a D3CO. Ela é resultado de uma série matemática aplicada ao mobiliário, que cria pentágonos e hexágonos em uma perspectiva tridimensional, revestidos com fibras naturais e um resultado surpreendente.

Desordem Geométrica

Linhas desconexas e colagens entre a formalidade e o caos.

A poltrona se apoia sobre uma trama forte e delicada que imita galhos de planta, da Orafactor
Buffet Colors, da Roche Bobois, com desenho de Fabrice Berrux. Elaborado com treze tons de madeira
Cama da série Favela, dos irmãos Campana para a Edra. Fabricada a partir de placas de madeira coladas e pregadas quase que aleatoriamente
O armário Mikado, com design da Front para a Porro, impressiona pela leveza e pelas formas irregulares, que lembram uma gaiola. A peça traz inspirações orientais
Assimetria e linhas descomplicadas na estante desconstruída da Zanotta

Linha de Pensamento

Uma abordagem leve e escultural em peças coloridas e aramadas.

Pendente Star, criado pela Mambo para a Ettero Collection, com assinatura da portuguesa Claudia Melo. Com uma luz difusa e aconchegante, é ideal para salas de jantar
Mesa de centro Precious, da Roche Bobois, desenhada por Cedric Ragot e inspirada nas formas do diamante. Fabricada com cabos de aço de 6 mm
Banquetas Angel, by addinterior para Danish Living. Suas formas evocam um anjo com asas abertas
Banqueta da marca Casamania, com estrutura tubular e minimalista ao extremo
Cadeira da marca Areadeclic, de David Raffoul e Philippe Bestenheider. A referência é inusitada: insetos e raquetes de tênis
Sofá Oasis, do atelier Oi para a Moroso. Com estrutura em aço, traz o conforto e a versatilidade dos tecidos de tapeçaria

Novo Minimalismo

A madeira natural e as formas simples assumem o conceito minimalista.

Pés palito estilizados e elementos dos anos 50 e 60 na mesa da Cantori
O móvel da Mambo expressa o minimalismo em linhas puras e a madeira dispensa qualquer tratamento. Os pés palito são um toque vintage
O móvel lateral da MissuraEmme tem inspiração nas formas dos anos 1950; 17. Sofá Cloud, de Andrea Parisio para a Meridiani
A mesa da Catellan Italia é essencial e sem ostentação, com ponto de apoio ao centro
Aparador Jazz, em madeira nogueira. Da Mambo para a Ettero Collection, a peça é da designer Claudia Melo
A assimetria é o traço marcante na mesa da Donghia
Sofá Cloud, de Andrea Parisio para a Meridiani

Ao Natural

Beleza sem artifícios em peças com uma pegada artesanal.

Excêntrica e quase praiana, a luminária da Karman traz uma leitura rústica moderna
A luminária da Zanotta esbanja criatividade com simplicidade, com ripas de madeira torcidas e luz nas extremidades
Cadeira Bottle (garrafa), do estúdio Deesawat para Chevalier, que lembra uma garrafa de naufrágio, quebrada
Chaise da Orafactor, que faz um mix de texturas naturais com materiais modernos, em um traçado orgânico arrojado
Mesa Bahut,apresentada pelo estúdio CTRL ZAK no stand da D3CO, baseada em um caixote com tampo em madeira
Vasos Dala e lanternas, de Stephen Burks para Dedon. Tecidos com uma nova fibra da marca, feita a partir de embalagens recicladas
0
Total Page Visits: 270 - Today Page Visits: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *